Siga-nos também em

Artigo

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

 

Confira nossa lista especial em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

 

Dia 8 de março é um dia especial para relembrar e enaltecer todas as mulheres que, de alguma forma, contribuíram para o reconhecimento dos nossos direitos básicos. Não podemos esquecer da importância da luta de todas as mulheres que já partiram e de todas que ainda continuam lutando diariamente por igualdade de gênero e respeito.

Falando em igualdade (mais precisamente a falta dela), no fim de semana passado tivemos a 90º edição do Oscar. Mesmo com todos os movimentos recentes como o #MeToo, a academia continua premiando homens acusados de abusos, provando mais uma vez como a indústria de Hollywood é misógina e sexista.

Essa última edição foi uma das piores para as mulheres em termos de premiação. Não é possível concorrer de forma igualitária quando as oportunidades não são distribuídas como tal, fazendo com que o cinema continue dominado predominantemente por homens brancos.

A diversidade não é só importante, ela é essencial para a arte e a cultura. Ainda estamos muito distantes do ideal, mas nossa lista mostra que estamos no caminho. Há diretoras tão incríveis quanto qualquer diretor já premiado, e seus filmes são tão incríveis quanto. Por isso, listamos 10 dentre inúmeras diretoras para celebrar essa data tão importante. Confira abaixo:

 

1 – Anna Muylaert

 

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

 

A brasileira Anna Muylaert é cineasta, diretora de televisão e roteirista. Dentre seus inúmeros trabalhos está o premiado longa Que Horas Ela Volta?, aclamado pela crítica e pelo público.

O filme teve uma excelente repercussão internacional e foi escolhido pelo Ministério da Cultura para representar o Brasil na edição de 2016 do Oscar, na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. Infelizmente o filme não foi indicado, mesmo acumulando diversas indicações e vencendo outros prêmios como o Festival de Sundance, Festival de Berlim e recebendo indicação ao Critics’ Choice Awards.

Além do longa Que Horas Ela Volta? Anna também dirigiu Durval Discos (2002), É Proibido Fumar (2009), Chamada a Cobrar (2012) e Mãe Só Há Uma (2016).

 

2 – Anne Fontaine

 

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

 

A francesa Anne Fontaine tem uma extensa filmografia, mas é conhecida principalmente pela cinebiografia de Coco Chanel, estrelada por Audrey Tautou. Entre seus trabalhos mais recentes está o longa Agnus Dei (2016).

O longa Lavagem à Seco rendeu a Anne o prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Cinema de Veneza em 1997. Esse momento é considerado por muitos um marco na carreira da diretora, que tornou-se uma figura importante do cinema contemporâneo.

 

3 – Ava DuVernay

 

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

 

Ava DuVernay foi a primeira mulher afro-americana a ganhar o prêmio de Melhor Direção no Festival de Sundanse em 2012 por seu longa Middle of Nowhere.

Outro longa que lhe rendeu indicações foi Selma: Uma Luta pela Igualdade (cinebiografia de Martin Luther King) que concorreu em quatro categorias no Globo de Ouro, incluindo Melhor Filme Dramático. Também foi indicado ao prêmio de Melhor Filme no Oscar de 2015, mas seu nome não foi lembrado na categoria de Melhor Direção.

Em 2016, Ava também dirigiu o documentário 13º Emenda, que mostra como funciona o sistema carcerário e étnico nos E.U.A. vencendo o BAFTA de Melhor Documentário em 2017.

 

4 – Dee Rees

 

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

 

Dee Rees foi indicada à vários prêmios por seu longa Mudbound – Lágrimas Sobre o Mississipi (que também rendeu a primeira indicação de uma mulher, Rachel Morrison, na categoria Melhor Fotografia).

Também é conhecida por Pariah (2007) e Bessie (2015). Seu trabalho mais recente é em uma série de TV britânica intitulada Philip K. Dick’s Electric Dreams, baseada nas histórias do renomado escritor de ficção científica, Philip K. Dick.

 

5 – Greta Gerwig

 

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

 

A fantástica Greta Gerwig recebeu inúmeras indicações por seu longa Lady Bird. Entre as premiações de destaque estão o Globo de Ouro, Critics’ Choice Movie Awards e o Oscar. Mas, apesar de tantas indicações, o longa arrebatou apenas os prêmios de Melhor Filme Comédia ou Musical e Melhor Atriz Comédia ou Musical para Saoirse Ronan. ambos no Globo de Ouro.

Vale lembrar que na premiação do Globo de Ouro, Greta foi esnobada na categoria Melhor Direção. A atriz Natalie Portman, que fez o anúncio do vencedor nessa categoria, enfatizou que todos os indicados eram homens, gerando grande repercussão nas redes sociais. Natalie, nós te amamos!

A indicação de Greta como Melhor Direção no Oscar deste ano foi apenas a quinta indicação de uma mulher na categoria em noventa edições do prêmio. E nessas mesmas noventa edições apenas uma mulher foi laureada com a estatueta.

 

6 – Kathryn Bigelow

 

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

 

A cineasta norte-americana Kathryn Bigelow foi a primeira (e única, até o momento) mulher a receber o Oscar de Melhor Direção em 2010 por seu filme Guerra ao Terror, que levou também a estatueta de Melhor Filme.

Kathryn e seu longa Guerra ao Terror concorreram com filmes como Avatar (James Cameron), Bastardos Inglórios (Quentin Tarantino), Preciosa (Lee Daniels) e Amor Sem Escalas (Jason Reitman).

Além de Guerra ao Terror, Kathryn dirigiu também Caçadores de Emoção (1991), Tempestade no Mar (2000), A Hora Mais Escura (2012) entre outros.

 

7 – Marjane Satrapi

 

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

 

A iraniana Marjane Satrapi é muito conhecida por seu trabalho como quadrinista. Ela escreveu e ilustrou a premiada HQ Persépolis, uma autobiografia sobre sua infância e juventude em um país em guerra.

Marjane também é cineasta e participou ao lado de Vincent Paronnaud como diretora e roteirista da adaptação para o cinema do quadrinho Persépolis. O filme foi indicado ao Oscar de Melhor Filme de Animação em 2008. O longa também recebeu diversas outras indicações como a Palma de Ouro e o Globo de Ouro.

Marjane também dirigiu um filme de terror/comédia negra intitulada The Voices (2014) com Gemma Arterton, Anna Kendrick e Ryan Reynolds no elenco.

 

8 – Mira Nair

 

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

 

A indiana Mira Nair é uma das diretoras mais influentes da atualidade. Com uma carreira sólida e uma filmografia extensa, ela coleciona indicações e prêmios, além de ser dona da Mirabai Films.

O longa Salaam Bombay! (1988) foi sua estreia como diretora e lhe rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro na edição de 1989. Dentre seus filmes mais prestigiados e aclamados pela crítica está o drama indiano Um Casamento à Indiana (2001), indicado ao Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro e venceu o Leão de Ouro do Festival de Cinema de Veneza.

 

9 – Patty Jenkins

 

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

 

Após dirigir o primeiro longa-metragem sobre uma heroína e com um dos maiores orçamentos que um filme dirigido por uma mulher já teve, Patty Jenkins tornou-se a diretora mais bem paga de todos os tempos. Mulher-Maravilha foi um marco no cinema quanto à representatividade feminina e a direção foi um dos elementos primordiais para o sucesso mundial que se tornou o filme.

Patty Jenkins também dirigiu Monster (2003) um documentário sobre uma assassina em série que foi interpretada por Charlize Theron, que recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz.

 

10 – Sofia Coppola

 

Especial Dia Internacional da Mulher | 10 diretoras incríveis

 

Sofia Coppola foi a terceira mulher indicada ao Oscar na categoria Melhor Direção. Em 2003 recebeu o Oscar de Melhor Roteiro Original por Encontros e Desencontros. Também foi a primeira cineasta dos E.U.A. a ganhar o Leão de Ouro, o maior prêmio do Festival de Veneza.

Além de Encontros e Desencontros, Sofia dirigiu também As Virgens Suicidas (1999), The Bling Ring (2013) entre outros.

 

Existem milhares de excelentes diretoras espalhadas pelo mundo afora. Nossa singela lista é apenas uma forma de divulgar e incentivar nossos leitores a procurarem por mais filmes e por mais diretoras mulheres, para acompanhar seus trabalhos e ter consciência de que elas existem e resistem ao longos dos anos.

 

Conte para nós qual é a sua diretora favorita?!?

 

Comentários via Facebook

Contadora (de números e histórias). Aquariana típica, meio futurista, meio démodé. Amante do universo literário e da cultura japonesa. Sempre com um livro e um mangá na bolsa, sonhando acordada a cada página virada. Apreciadora do bom e velho rock n roll. Filmes, animes, séries e um bom jogo de futebol também fazem parte dos meus dias. Acredito fielmente que feito é melhor do que perfeito.

Mais lidas