Medo sem fim: último filme da franquia de terror ICÔNICA chegou à Netflix e ARREPIOU o público!

Se você ama um filme de terror, confira essa novidade do catálogo da Netflix!

0

O último filme de uma franquia de terror já chegou na Netflix, veja os detalhes!

O universo do terror acaba de receber um novo capítulo com a chegada do último filme da aclamada franquia “Uma Noite de Crime” à Netflix. Conhecido por sua abordagem única e provocativa do gênero, “Uma Noite de Crime – A Fronteira” não apenas mantém a essência de seus predecessores, mas também eleva o nível, deixando os fãs arrepiados e ansiosos por mais.

Então, veja todos os detalhes sobre o último filme da franquia e relembre alguns detalhes dos títulos anteriores que conquistaram o público.

filme de terror
Imagem: Divulgação

Leia mais: 

Rumo à glória: Netflix aposta suas fichas em filme poderoso e emocionante para o Oscar 2024!

Verdades inconvenientes: documentário da Netflix CHOCANTE revela grande problema atual!

Uma Noite de Crime: A Fronteira – um novo nível de terror

Lançado em 2021, “Uma Noite de Crime: A Fronteira” é o quinto longa da série e uma sequência direta de “The Purge: Election Year” de 2016. O filme segue a história de Juan e Adela, um casal mexicano que atravessa ilegalmente a fronteira para o Texas em busca de uma vida melhor. Eles se juntam a uma comunidade de migrantes na véspera da Purificação de 2049, uma noite em que todos os crimes, incluindo assassinato, são legais. A trama se desenrola com intensidade, enquanto o casal e outros personagens lutam pela sobrevivência contra os purgadores nacionalistas.

Ou seja, esse longa explora temas profundos de justiça, sobrevivência e humanidade de uma maneira que poucos filmes conseguem. Sua chegada à Netflix é uma ótima notícia para os fãs do gênero, oferecendo uma experiência cinematográfica arrepiante e envolvente. Se você é um amante do terror, este filme é imperdível em sua lista.

Elenco

O elenco inclui nomes como Ana de la Reguera, Tenoch Huerta, Josh Lucas, entre outros, que trazem performances marcantes e emocionantes. A trama é carregada de tensão e ação, retratando um caos que se espalha por todo o país, com a Purificação continuando além do permitido e desafiando as ordens da Nova Fundação dos Pais da América (NFFA). O filme não apenas apresenta uma história de sobrevivência, mas também comenta sobre questões sociais e políticas atuais, tornando-o relevante e provocativo.

Relembre os filmes anteriores 

Relembre os primeiros filmes da franquia: 

Uma Noite de Crime (2013)

O filme que deu início à franquia, “Uma Noite de Crime”, apresenta a ideia central da série: uma noite anual em que todos os crimes, incluindo assassinato, são legais por 12 horas. O primeiro filme foca em uma família rica que se vê sitiada em sua própria casa durante a noite fatídica. Este longa introduz os espectadores ao conceito aterrorizante da Purificação e às tensões sociais que ela gera.

Uma Noite de Crime: Anarquia (2014)

A sequência, “Uma Noite de Crime: Anarquia”, expande o escopo do primeiro filme, levando os espectadores para as ruas durante a noite da Purificação. Ele segue várias pessoas presas fora de suas casas, lutando pela sobrevivência. Este filme explora mais a fundo as implicações políticas e sociais da Purificação, destacando as disparidades entre ricos e pobres.

Uma Noite de Crime: O Ano da Eleição (2016)

O terceiro filme, “Uma Noite de Crime: O Ano da Eleição”, continua a explorar os temas políticos, centrando-se em uma senadora que faz campanha para acabar com a Purificação. O filme mostra a resistência crescente contra a Purificação e as forças políticas que buscam mantê-la.

A Primeira Noite de Crime (2018)

Este longa é um prelúdio que explora as origens da Purificação. “A Primeira Noite de Crime” retrata o primeiro experimento da Purificação em um bairro isolado, mostrando como o evento se transformou em uma tradição anual. Este título fornece um contexto crucial para a série, revelando como a Purificação começou e as motivações por trás dela.

Imagem: Divulgação

Comentários do Facebook