Siga-nos também em

Filmes

Toy Story 4 | Tim Allen fala sobre final emocionante do longa

Toy Story 4 | Tim Allen fala sobre final emocionante do longa

Ator é a voz original de Buzz Lightyear desde 1995

 

Em entrevista ao programa The Talk, o ator responsável pela voz do patrulheiro espacial comentou sobre a intensidade das cenas finais de Toy Story 4. Tim Allen é responsável pela voz de Buzz Lightyear desde o primeiro filme da franquia, em 1995. Ele falou ainda sobre a grande dificuldade que teve para superar a última cena da animação:

 

“Eu tenho que resistir em me emocionar porque não quero que acabe, mas essa é uma história incrivelmente boa. Se você é fã de super-heróis, Guerra Infinita não pareceu que funcionaria, mas no final fez sentido. Para este Toy Story 4 nós passamos por isso, é tão emocional, é tão engraçado, é tão grande a ideia do que eles inventaram.”

“Estou assustado. Eu achava o [Toy Story] 3 incrível, mas esse aqui, eu não consegui nem passar pela última cena, ok? Eu adoraria ser um vazador de informações, mas eu simplesmente não posso fazer isso. Eu não posso falar mais nada. Eles têm ótimos personagens, mas algumas cenas no final foram muito difíceis de assistir.”

 

Toy Story 4 | Tim Allen fala sobre final emocionante do longa

 

Durante a entrevista, Tim chega a comparar o potencial emocional de Toy Story 4 ao final de Vingaddores: Guerra Infinita. Será que perderemos nossos queridos personagens para algum vilão opressor querendo dominar o universo? Bem, parece que teremos que esperar mais um pouco para saber…

Até o momento, muito pouco foi revelado sobre o enredo do quarto filme da Pixar. Sabe-se apenas que Woody e Buzz deverão embarcar em uma jornada para encontrar Betty, que foi dada anos antes dos acontecimentos em Toy Story 3.

 

Em tempo, Toy Story 4 tem data prevista de estréia nos cinemas em 21 de junho de 2019. E aí, ansiosos pelo filme? Melhor já prepararmos alguns lencinhos de papel para a choradeira!

 

Comentários via Facebook

Tatuagens e jogos eletrônicos. Duas palavras definem perfeitamente este carioca que, por sinal, não faz a menor ideia de como escrever a própria bio. Um menino metodicamente organizado, prefere o aconchego do sofá e uma boa série a uma noitada com os amigos (mas não recusa o convite). O típico garoto gordinho e viciado em vídeo game que cresceu e se tornou um adulto nerd (ainda gordinho, por sinal).Voar, hospitais e quartos escuros são seus três grandes medos. Às vezes ele os enfrenta, às vezes não (se for um quarto escuro NO hospital, pode esquecer). Faz uso excessivo dos parênteses, pois adora expressar sua opinião sobre as coisas. Afinal, quem não?

Mais lidas