Saiba porque a rivalidade entre PlayStation e Xbox é importante

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Tabela de conteúdos

O ex-vice presidente corporativo da Microsoft Interactive Entertainment, Peter Moore, disse recentemente que na época do Xbox 360, a Microsoft incentivou a guerra contra os consoles da Sony.

Peter Moore

Moore atualmente trabalha como CEO do Liverpool FC, e em uma entrevista ao podcast Front Office Sports, ele relembrou o tempo em que trabalhava na indústria dos games.

A conversa no podcast tem uma hora de duração, e você pode assisti-la por completo abaixo:

Em sua fala, Moore afirmou que a competição dos consoles PlayStation 3 e Xbox 360 não era algo para criar uma divisão, mas sim para desafiar um ao outro a fazer coisas cada vez melhores.

“Encorajamos as guerras de console, não para criar divisão, mas para desafiar uns aos outros. E quando “digo uns aos outros”, quero dizer Microsoft e Sony. Se a Microsoft tivesse parado o curso das coisas depois dos Red Rings of Death do Xbox, a indústria seria um lugar mais pobre e você não teria a concorrência que tem hoje. Se não tivéssemos resolvido o Red Rings of Death da maneira que resolvemos, eu sei muito bem que não haveria Xbox hoje.”

Peter Moore

Red Rings of Death

O Red Rings of Death, era um problema de hardware do Xbox 360, que gerou muitos problemas a empresa. Quando ele acontecia, três das quatros luzes vermelhas do videogame acendiam, e quando isso acontecia era necessário levar o console à assistência técnica.

Red Rings of Death 01
Imagem: Reprodução

Após anos de serviço na era do Dreamcast na SEGA, Moore foi para a Microsoft para ajudar a lançar o Xbox 360.