Siga-nos também em

Review

Review TBX | GTO: Um mangá para gente grande

Review TBX | GTO: Um mangá para gente grande

Divertido e cafona, GTO mostra que é um ótimo mangá para gente grande

 

Está atualmente em publicação pela NewPOP o mangá de comédia dramática GTO. GTO é a abreviação de Great Teacher Onizuka, o protagonista. Escrito por Tohru Fujisawa, a história é original de 1997, sendo este um bem-vindo relançamento.

Reunindo influências de shounen e ecchi, GTO prova que é esdruxulamente divertido. E se você é dá turma do politicamente correto, GTO não é para você.

 

 

Entenda o porquê

 

Por ser uma história de 20 anos atrás, o mangá reúne episódios considerados violentos e machistas. Cheio de objetificação feminina e agressão à menores de idade. No entanto, se você admirar esta obra com olhar descompromissado, irá se deparar com uma história adulta e divertida sobre redenção e amadurecimento humano.

 

 

GTO conta a história de Eikichi Onizuka, ex-delinquente juvenil que ao entrar na fase adulta se vê envolto em responsabilidades e com ocupações de gente grande. Onizuka busca arranjar um emprego, estabilizar-se em um relacionamento e afastar-se um pouco das brigas de rua que outrora lhe davam prazer. No entanto, o rapaz ainda
é um pervertido que adora olhar as calcinhas das meninas por debaixo da escada e possui pouco ou nenhum filtro social, que dificulta inclusive que ele arranje um emprego decente devido o seu “excesso de sinceridade”.

 

 

Aos 22 anos, suas motivações para ser professor não são nada ortodoxas. Ao observar e ser orientado pelo seu melhor amigo que professores mantêm facilmente relacionamento com garotas mais novas, Onizuka vê nessa oportunidade uma chance de ganhar dinheiro, lidando com jovens inconsequentes, enquanto transa com maior número de garotas adolescentes que conseguir. Sim, Onizuka almeja chegar aos 40 anos com uma garota com metade de sua idade.

 

 

Aos esforçar-se para conseguir o cargo, descobre que a vida de professor não é tão fácil assim. Onizuka pega a turma 0 (zero) para lecionar, a mais rebelde do período. Lá, ele é trolado pelos alunos, que o ameaçam e o chantageiam, e é ainda constantemente ludibriado pelas ninfetas estudantes da sala. Ao revoltar-se com a situação, Onizuka decide largar a pose de bom moço e começa a usar métodos típicos dos tempos de malandragem para conter a galera. Ao mesmo tempo, passa a cada vez mais se apaixonar pela área de atuação e entender mais a fundo os conflitos vividos pelos delinquentes e pelas adolescentes, fazendo ele mesmo duvidar da sua melhora de caráter e mudança de postura.

 

 

Com ares de Yu Yu Hakusho, GTO é a continuação de Shounan Jun-ai Gumi, mangá que contava a história de Onizuka e seu amigo Ryuji Danma, quando na adolescência se divertiam brigando e procurando perder a virgindade.

 

 

Obs: A leitura pode te complicar caso você esteja em um transporte público. A fonte usada em algumas falas são minúsculas, dando um pouco de trabalho para decifrar em movimento.

Caso queira você também acompanhar, GTO está em seu 5º volume, vendido atualmente na casa dos R$ 23,90.

Vale a pena conferir.

 

Mangá: GTO
8.6 TRECOBOX
HISTÓRIA9
PERSONAGENS9
DESENVOLVIMENTO9
PRODUÇÃO8
ORIGINALIDADE8

Comentários via Facebook

Radialista formado se especializando em direção de arte. Sagitariano, sonhador levando a vida buscando paz, amor e um lugar ao Sol. Cinéfilo, aspirante a roteirista. Aquele otaku paulistano que vê animes nas horas vagas, lê mangás no transporte público e faz cosplays pra tirar uma onda. Geek por consequência. Sucesso é uma jornada, não um destino, tenha fé na sua capacidade, esse é meu lema.

Mais lidas