Review TBX | Better Days: Uma alegoria visceral sobre o combate ao bullying

 

Better Days promove uma alegoria visceral no juvenil longa chinês

 

Está indicado ao Oscar deste ano, na categoria de melhor filme internacional o filme Better Days. Trata-se de um drama chinês rodado em Hong Kong dirigido por Kwok Cheung Tsang.

O filme faz uma alegoria dramática e visceral sobre as consequências desastrosas do bullying, tocando em feridas nas mais diversas camadas das responsabilidades. Tais como o descrédito das autoridades para quem sofre com isso, a manipulação dos pais, a ausência de uma rede de apoio, a normalização de algo nocivo, a violenta cobrança com a juventude, entre outros aspectos.

Mas, em paralelo a temática, o drama conduz a sutileza do romance desenvolvido entre a estudante Chen Nian (Zhou Dongyu) e o jovem delinquente Liu Beishan (Jackson Yee). Ele passa a ser seu protetor a medida que a garota sofre violentos ataques de bullying pelas meninas do colégio, ás vésperas do vestibular.

 

Review TBX | Better Days: Uma alegoria visceral sobre o combate ao bullying

 

Qualidade técnica

 

A estética do filme é ambientada em uma caótica cidade de tons sombrios e amarelados, envernizados pela chuva presente em diversos momentos importantes do filme em conjunto com o suor dos rostos dos personagens.

Contudo, o figurino é contemporâneo e adequado, deixando a construção visual da obra confortável aos olhos.

 

 

A atuação dos protagonistas se desenvolve de maneira crescente e em comum acordo com a performance dos coadjuvantes e antagonistas, que ficam a cargo do elenco formado por Yin Fang, Huang Jue, Wu Yue e Zhou Ye.

 

 

Já na trilha sonora, temos um reforço dramático, com composições que se encaixam de maneira linear na obra. Ela acompanha o desenrolar da história. Portanto, faz com que as lágrimas fiquem presas ao espectador para que ele possa digerir a mensagem lentamente, e, com isso, processar a real propaganda do longa.

 

Review TBX | Better Days: Uma alegoria visceral sobre o combate ao bullying

 

Mas acima de tudo, uma obra romântica

 

Sem dúvida, é um filme que teria facilmente potenciais para galgar prêmios para além de sua categoria. Prova disso, é a atual aprovação com 100% de favorabilidade da crítica especializada no Rotten Tomatoes.

 

Review TBX | Better Days: Uma alegoria visceral sobre o combate ao bullying

 

Além disso, baseado no romance In His Youth, In Her Beauty, de Jiu Yuexi, o longa Better Days, lançado em 2019, é mais uma das obras injustiçadas das premiações. Isso, pela toxidade da hegemonia americana que ainda permeia o olhar merecido que o filme deveria ter.

 

Review TBX | Better Days: Uma alegoria visceral sobre o combate ao bullying

 

No entanto, isso não ofusca o brilho de Better Days, aos olhos de um público que anseia por obras bem executadas, com uma roupagem visceral e mensagem necessária. E claro, um entretenimento romântico de qualidade inquestionável.

 

Review TBX | Better Days: Uma alegoria visceral sobre o combate ao bullying

 

Sem dúvida fica uma das melhores indicações da temporada.

 

[rwp-review id=”0″]

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais

Calendário De Gravações Das Próximas 10 Produções Da Marvel Matrix Resurrections já tem data de lançamento Na HBO MAX Diretor De Doutor Estranho 2, Comenta O Retorno De Tobey Maguire Mas quem são as Borboletas de Pacificador? Lançamentos Da Semana No Catálogo Da Netflix