Ray Fisher comemora saída de Hamada da DC: “tentou me enterrar”

Liga da Justiça pode ter sido lançado em 2017, mas suas polêmicas envolvendo Zack Snyder e Joss Whedon, além de Ray Fisher, que foi cortado do filme, e o restante do elenco, continuam a cercar os fãs da DC Comics nas redes sociais.

Perante a saída de Walter Hamada da DC Films na última quarta-feira, o astro que trouxe vida ao Ciborgue comemora e o acusa de sabotagem.

Ray Fisher
Reprodução: ePipoca

Ray Fischer comemora saída de Walter Hamada da DC

Como mencionado acima, a saída de Walter Hamada da presidência da DC Films foi dada oficialmente na última quarta-feira, com os chefes da Warner Bros Motion Pictures agora encarregados pela subsidiária enquanto um novo nome não é contratado.

E em postagem nas redes sociais nesta sexta-feira, 21 de outubro, o astro Ray Fisher veio a público e comemorou sua saída, a qual ele afirma que espera que a DC nunca passe por isso novamente.

“Walter Hamada tentou proteger seus colegas tóxicos e discriminatórios. Ele falhou.

Ele tentou me enterrar (e a investigação de Liga da Justiça) com mentiras nos negócios. Ele falhou.

Ele é produto de clientelismo antigo de Hollywood. Espero que nunca experienciemos isso novamente. Para frente.”

Para aqueles que não estão familiarizados com o drama envolvendo os bastidores de Liga da Justiça, a qual Fisher era um dos participantes, Hamada é acusado pelo astro de esconder o comportamento abusivo de Joss Whedon, diretor do longa-metragem.

Ray Fisher demanda pedido de desculpas de Walter Hamada

Mais cedo este mês, antes da saída de Walter Hamada da DC Films, Ray Fisher demandou um pedido de desculpas do presidente, afirmando que ele devia isso aos participantes da investigação da produção de Liga da Justiça. Segundo ele, esta não teria acontecido caso ele não tivesse coberto os comportamentos tóxicos de Geoff Johns, produtor do filme.

“Não tenho certeza porque estou nos assuntos mais comentados, mas esse seria um bom momento para mencionar: 

Walter Hamada ainda deve um pedido de desculpas aos participantes da investigação da Liga da Justiça.

Se ele não tivesse tentado cobrir o comportamento tóxico e discriminatório de Geoff Johns, nós não estaríamos aqui agora.”

A investigação dos bastidores de Liga da Justiça se deu devido às acusações de Fisher sobre o comportamento do diretor, ao contrário de Zack Snyder, que foi conhecido por seu ótimo trabalho. No fim, mais de 80 pessoas fizeram parte da investigação, a qual Fisher saiu vencedor.

Confira o trailer de Liga da Justiça de Zack Snyder, protagonizado por Ray Fisher

No Brasil, Liga da Justiça de Zack Snyder está disponível para visualização através da HBO Max.