Produtor defende incesto em House of the Dragon

Durante os eventos de Game of Thrones, foi estabelecido que incesto era algo comumente visto entre os personagens da Casa Targaryen, algo que House of the Dragon não falhou em deixar passar em branco. Rhaenyra e Daemon Targaryen, sobrinha e tio na trama, são o casal que mais se faz de exemplo disso, visto que, eventualmente, eles até mesmo se casam.

E em recente fala, Ryan Condal, showrunner e idealizador da série, defende o incesto como parte da história.

House of the Dragon
Reprodução: Twitter

Produtor de House of the Dragon afirma que incesto é parte da história

Conversando com a Variety neste último domingo, 25 de setembro, em relação ao salto no tempo de 10 anos em House of the Dragon, Ryan Condal, showrunner da série, foi perguntado sobre seus pensamentos em relação ao grande número de expectadores que se encontram gostando do romance incestuoso na produção, o qual ele afirma que nada mais o surpreende. 

Em declaração, o showrunner, no entanto, afirma que não sabia que era aquilo que as pessoas iriam tirar daquela relação, mas que é parte da história, e de certa forma, é um tabu de nossa sensibilidade moderna. 

“Quero dizer, nada me surpreende nos dias de hoje. Eu realmente não sabia o que as pessoas iriam tirar daquilo. Olha, é parte da história, e eu acho que é isso que faz ser fascinante, pois é um tipo de tabu em uma forma e em nossa sensibilidade moderna.”

House of the Dragon
Reprodução: Jugo Mobile

Para você entender um pouco mais sobre a conturbada relação dos dois, você pode clicar aqui.

Relação de Rhaenyra com o tio formou a personagem em House of the Dragon 

Seguindo na conversa, o showrunner expande no que quis dizer quando mencionou a espécie de tabu do relacionamento de ambos em House of the Dragon. Segundo ele, até mesmo para os personagens em Game of Thrones era algo não aceito, mas as pessoas pensam que por não ser seu tio, então está tudo bem. 

Além disso, ele também menciona que o fato expande o fato de que ambos terem tido relações foi o que tornou Rhaenyra quem ela é, sendo então, parte da história.

“Bom, é até mesmo um tabu no mais longe que fomos no mundo de Game of Thrones. Acho que para os Targaryens também, pois são gerações diferentes.

[…] Não é seu tio, então, você sabe, eu acho que as pessoas estão OK com isso, ou a série original apenas fez bastante trabalho de base para normalizar os rituais de acasalamento entre Targaryens que não temos que nos preocupar sobre.

E o que Daemon faz com a jovem Rhaenyra é, em nossa terminação moderna, é um ato de abuso. E como todo evento traumático faria, ele forma quem Rhaenyra irá se tornar.”

Para conhecer um pouco mais sobre a Casa Targaryen, você pode clicar aqui. Vale lembrar que House of the Dragon já está renovado para uma segunda temporada.

Confira o teaser do 7° episódio de House of the Dragon, novo sucesso da HBO

O 7° episódio marca a chegada do começo de fim de temporada de House of the Dragon, indo ao ar em 2 de outubro.

Comentários do Facebook