Siga-nos também em

Filmes

Os Incríveis 2 ganha trailer japonês repleto de cenas inéditas

Os Incríveis 2 ganha trailer japonês repleto de cenas inéditas

 

A aguardada sequência estreia em junho

 

Os Incríveis 2 acaba de ganhar um trailer japonês recheado de cenas inéditas. O longa é uma das animações mais aguardadas dos últimos tempos e um dos filmes mais esperados para esse ano. A expectativa é bastante alta.

 

Corra para ver:

 

http://https://www.youtube.com/watch?v=lxctvsair5Q

 

Os trailers japoneses costumam ser os melhores e sempre apresentam mais material do que a divulgação convencional. O destaque vai para o bebê Zezé, que rouba toda a atenção cada vez que aparece com a sua fofura. O grito que ele solta quando o pai tomba e o “Mama” que ele diz ao reconhecer sua mãe na televisão é a coisa mais linda e fofa que você verá hoje!

 

Uma nova imagem do filme também foi divulgada com exclusividade pela Entertainment Weekly. Veja abaixo:

 

Os Incríveis 2 ganha trailer japonês repleto de cenas inéditas

 

A família de heróis favorita está de volta em Os Incríveis 2. Dessa vez, Helena é quem assume os holofotes, deixando Roberto em casa com Violeta e Flecha para conduzir o heroico dia-a-dia de uma vida “normal”. É uma transição difícil para todos, que se complica ainda mais tendo em vista que a família ainda não sabe dos superpoderes do bebê Zezé. Quando um novo super vilão traça um plano perigoso e brilhante, a família e o Gelado precisarão encontrar um jeito de trabalhar juntos novamente – o que é mais fácil de dizer do que de colocar em prática, mesmo todos eles sendo realmente incríveis.

 

A previsão de lançamento é para o dia 28 de junho nos cinemas.

 

E aí? Curtiram? Não deixem de comentar.

 

Comentários via Facebook

Ator, escritor, cinéfilo, nerd , colecionador e aspirante a cineasta. Meu maior hobby é assistir e colecionar filmes e tudo relacionado a eles. Acredito no poder da arte e do cinema de emocionar, discutir, fazer pensar como uma maneira de mudar o mundo e a sociedade na qual vivemos.

Mais lidas