Rumo à glória: Netflix aposta suas fichas em filme poderoso e emocionante para o Oscar 2024!

Conheça esse emocionante filme inspirado em figura histórica

Bayard Rustin dedicou sua vida à busca pela igualdade racial e pela democracia

“Rustin” é um filme poderoso de drama biográfico americano lançado em 2023, dirigido por George C. Wolfe. A narrativa é uma biografia do ativista dos direitos civis e defensor dos direitos LGBTQ+, Bayard Rustin, interpretado por Colman Domingo e Chris Rock.

A trama aborda a vida e a luta de Rustin, uma figura carismática, gay e uma peça fundamental no movimento pelos direitos civis nos Estados Unidos. O filme destaca a organização da Marcha sobre Washington por Trabalho e Liberdade em 1963, evento marcante na história dos direitos civis, e a superação de desafios relacionados ao racismo e à homofobia.

Apesar de algumas críticas à direção, a atuação destacada de Colman Domingo contribui para o brilho do filme. “Rustin” oferece uma perspectiva importante sobre a vida de um ativista muitas vezes esquecido, explorando sua coragem e dedicação à luta por igualdade.

filme poderoso
Imagem: Chippu

Veja mais:

Arrebatador: filme vencedor no Oscar narra uma das histórias mais PODEROSAS de todos os tempos!

História de vitória: dorama esportivo na Netflix vai tocar seu coração com LINDA trama!

Sinopse e elenco do filme poderoso e emocionante “Rustin”

A sinopse do filme poderoso e emocionante “Rustin” é a seguinte:

“A história de Bayard Rustin, conselheiro de Martin Luther King Jr., que dedicou sua vida à busca pela igualdade racial e pela democracia. Porém, como homem negro e gay, ele foi praticamente apagado do movimento pelos direitos civis.”

  • Colman Domingo como Bayard Rustin
  • Chris Rock como Roy Wilkins
  • Glynn Turman como A. Philip Randolph
  • Aml Ameen como Martin Luther King Jr.
  • CCH Pounder como Anna Arnold Hedgeman
  • Michael Potts como Cleveland Robinson
  • Jeffrey Wright como Adam Clayton Powell Jr.
  • Audra McDonald como Ella Baker
  • Da’Vine Joy Randolph
  • Bill Irwin como A. J. Muste
  • Gus Halper como Tom
  • Johnny Ramey como Elias
  • Lilly Kay
  • Jordan-Amanda Hall
  • Jakeem Powell

O filme poderoso “Rustin”, disponível para assistir na plataforma de streaming Netflix após seu lançamento em 3 de dezembro, tem uma duração de 106 minutos.

Como funciona para um filme participar do Oscar?

Para que um filme possa participar do Oscar, ele deve cumprir uma série de requisitos estabelecidos pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. 

A Academia exige que os filmes permaneçam em exibição nos cinemas por um determinado período. Além dos aspectos técnicos e de exibição, os filmes precisam provar que cumprem critérios básicos, como ter mais de 40 minutos de duração.

No caso de categorias internacionais, o filme deve ser oficialmente indicado pelo país de origem. A escolha dos indicados e vencedores envolve um processo de votação pelos membros da Academia, que são profissionais da indústria cinematográfica.

Sobre o ator Colman Domingo

Colman Jason Domingo é um renomado ator, escritor, diretor e produtor norte-americano, nascido em 28 de novembro de 1969. Ele ganhou destaque principalmente por seu papel como Victor Strand na série de televisão “Fear the Walking Dead”. 

Demonstrando versatilidade, Domingo tem uma presença significativa no teatro, recebendo indicações e reconhecimento por seu trabalho em produções teatrais.

Colman Domingo continua a ser uma figura proeminente no mundo do entretenimento, destacando-se não apenas por suas habilidades de atuação, mas também por sua contribuição multifacetada para a indústria.

Sobre Bayard Rustin

Bayard Rustin (17 de março de 1912 – 24 de agosto de 1987) foi um proeminente líder afro-americano e ativista dos direitos civis. Ele desempenhou um papel crucial em movimentos sociais que defendiam os direitos civis, o socialismo, a não-violência e os direitos dos homossexuais. Nascido em West Chester, Pensilvânia, o compromisso de Rustin com o ativismo começou cedo.

Um dos principais organizadores da Marcha sobre Washington por Empregos e Liberdade de 1963, onde Martin Luther King Jr. proferiu seu icônico discurso “I Have a Dream”. Ele foi reconhecido por seu brilhantismo estratégico, pacifismo e visão de futuro para o ativismo pelos direitos civis.