Siga-nos também em

Anime

Não é desenho! É anime! Entenda as diferenças

Diferença entre desenho animado e anime.

Entenda qual o termo mais adequado para definir essa forma de animação

 

Cativo no público otaku, os animes são além de entretenimento, fontes de inspiração para diversos entusiastas da cultura japonesa. Deles, são criados fanzines, cosplays e até eventos para celebrar essa tribo tão kawaii dos tempos modernos.

E aí chega aquele seu amigo que o chama de desenho…

Calma honorável leitor, nós explicaremos agora a diferença para você.

 

Diferença entre desenho animado e anime.

Astro Boy foi um dos primeiros a se popularizar como um original anime, em 1962.

 

Animeanimê ou animé é o termo que se refere exclusivamente a animações produzidas em estúdio no Japão. Uma de suas características que o difere do restante das animações, são os traços baseados no tradicional mangá: olhos grandes e brilhantes que conferem ao seu personagem a evidência de emoção, e as cores vivas, típicas desse estilo. 

Boa parte dos animes é baseada em sua prévia versão em mangás, que são periódicos e contam suas histórias através de quadrinhos. Estúdios como Gainax e Toei Animation são alguns dos mais populares.

Ao contrário das animações, os animes são produções unicamente criadas no Japão. Quando o estilo é o mesmo ou parecido e a produção foi desencadeada em outra nação, o termo aplicado é “animação influenciada por animes”, como é o caso da francesa Três Espiãs Demais.

 

Diferença entre desenho animado e anime.

Três Espiãs Demais, é uma animação francesa influenciada por animes.

 

Anime não é um gênero, é um estilo de animação, que pode vir a dramatizar terror, romance, comédia é por aí vai.

 

Há controvérsias…

 

Curiosamente, assim como  a nomenclatura “otaku”, o termo anime é utilizado com esse significado apenas fora do Japão.  No país oriental, anime é indicado a qualquer tipo de animação, assim como o termo otaku tem o significado de “fanático” por qualquer tipo de coisa. No entanto, para o resto do mundo, a tribo urbana dos otakus designam o público que é fã da cultura japonesa, em especial a cultura pop. Intitular esse estilo de animação como desenho é colocá-lo em pé de igualdade com qualquer produção de Hanna-Barbera ou derivados, que, de longe, são produções muito diferentes.

 

Diferença entre desenho animado e anime.

Dragon Ball Z, de Akira Toriyama. Produzido pela Toei Animation.

 

Em meados da década de 70, o termo para designar uma animação japonesa era japanimation. A origem do termo anime ainda é incerta, muito embora há evidências de que a nomenclatura venha do inglês animation e verbalizada em japonês em sua forma abreviada, anime. 

 

Mas para mim, é tudo igual e eu chamo de desenho mesmo

 

Seu direito é respeitado caro amigo. Hayao Miyazaki mesmo, discordava desse termo ainda em 87, antes de títulos aclamados com Meu Vizinho Totoro e A Viagem de Chiriro, suas produções.

 

Diferença entre desenho animado e anime.

A Viagem de Chiriro, de Hayao Miyasaki.

 

No entanto agora você já sabe a importância e significado desse termo, em que ele se diferencia das animações tradicionais e por que ele é tão cativo no público otaku.

Até a próxima!

 

 

Comentários via Facebook

Radialista formado se especializando em direção de arte. Sagitariano, sonhador levando a vida buscando paz, amor e um lugar ao Sol. Cinéfilo, aspirante a roteirista. Aquele otaku paulistano que vê animes nas horas vagas, lê mangás no transporte público e faz cosplays pra tirar uma onda. Geek por consequência. Sucesso é uma jornada, não um destino, tenha fé na sua capacidade, esse é meu lema.

Mais lidas