Morre Michael Gambon, o Dumbledore de Harry Potter

Luto no cinema!

Michael Gambon, o Dumbledore de “Harry Potter”, morre aos 86 anos

O mundo do cinema está de luto. Foi anunciado nesta quinta-feira (28) o falecimento de um dos grandes nomes do cinema: Michael Gambon, conhecido por seu papel como Albus Dumbledore na série de filmes “Harry Potter”. Ele tinha 86 anos.

A notícia foi confirmada pela família do ator em um comunicado oficial liberado pela agente Clair Dobbs. De acordo com a agência de notícias PA Media, Gambon morreu em paz em um hospital. A mensagem da família é de profundo pesar: “Estamos arrasados ​​em anunciar a perda de Sir Michael Gambon“.

Michael Gambon
Imagem: BBC

Leia mais:

Castlevania: Noturno – TUDO sobre a nova animação da Netflix!

A trajetória de Michael Gambon

Michael John Gambon nasceu em Dublin, Irlanda, e iniciou sua trajetória artística nos palcos no início dos anos 1960. Bem mais tarde, esse talentoso ator fez sua estreia na televisão e no cinema, mostrando a sua versatilidade em diversos papéis.

Dentre os muitos personagens que marcam a carreira de Michael Gambon, o líder psicótico da máfia em “O Cozinheiro, o Ladrão, Sua Mulher e o Amante”, de Peter Greenaway, em 1989, e o rei George V em “O Discurso do Rei”, de Tom Hooper, em 2010, são com certeza memoráveis. No entanto, foi através do papel de Albus Dumbledore, na adaptação cinematográfica de “Harry Potter”, que ele alcançou fama mundial.

Gambon e Harry Potter: uma relação de sucesso

Gambon foi o segundo ator a dar vida ao personagem Albus Dumbledore na franquia de filmes de “Harry Potter”. A oportunidade surgiu após a morte de Richard Harris, em 2002, que interpretou o personagem nos dois primeiros filmes da saga. A interpretação marcante de Gambon cativou personalidade ao personagem e conquistou fãs ao redor do mundo.

Celebrado por gerações de atores e fãs, a perda de Gambon deixa um vazio no mundo cinematográfico. Ele será sempre lembrado por sua maestria e atuação intensa e cativante.

Comentários do Facebook