Siga-nos também em

Anime

Mahou Tsukai no Yome ganha data de estreia

Anime ganha data de estreia em site de streaming 

 

Mahou Tsukai no Yome (The Ancient Magus Bride) estreará no serviço de streaming Crunchyroll no dia 7 de outubro e contará com um total de 24 episódios.

 

(Pôster de divulgação do anime)

 

O estúdio responsável pela animação é o Wit Studio (Shingeki no Kyojin), o mesmo estúdio que produziu a recente série de OVAs nomeada The Ancient Magus Bride: Those Awaiting a Star, em um total de três episódios. Além dos produtores, o elenco de vozes da série anterior também retornará no anime:

  • Atsumi Tanezaki como Chise Hatori
  • Ryota Takeuchi como Elias
  • Kouki Uchiyama como Ruth
  • Aya Endo como Silver

 

Norihiro Naganuma segue como diretor e Hirotaka Katoo é o responsável pelo design dos personagens. 

 

Confira os trailers divulgados até o momento (áudio original/sem legenda):

 

[arve url=”https://youtu.be/F3u3xeiut4s” align=”center” maxwidth=”650″ /]

 

Quanto à qualidade, o anime está impecável, um belíssimo trabalho de animação.

 

[arve url=”https://youtu.be/yufqwX8AwDg” align=”center” maxwidth=”650″ /]

 

Sinopse: Chise Hatori viveu uma vida repleta por negligências e abuso, desprovida de qualquer coisa que se assemelhe ao amor. Longe do calor da família, ela pôde presenciar uma porção de problemas e armadilhas. No exato momento em que parecia ter perdido toda a esperança, um encontro fatídico está à sua espera. Surge então um homem com cabeça de uma besta, dotado de poderes estranhos, que a compra através de um leilão de escravos. A vida de Chise nunca mais será a mesma.

O homem é um mago, um feiticeiro com grandes poderes, que decide libertar Chise de seu cativeiro. Tal mago então faz uma declaração inesperada: Chise se tornará sua aprendiz… e sua noiva.

 

Mahou Tsukai no Yome é um mangá escrito e ilustrado por Kore Yamazaki, lançado originalmente no Japão pela revista Monthly Comic Garden em novembro de 2013 e conta com um total de 7 volumes lançados até o momento.

 

(Capa do primeiro volume da edição japonesa)

 

No Brasil, o mangá foi licenciado e deverá ser publicado pela editora Devir. Ao que tudo indica, o título internacional The Ancient Magus Bride deverá ser mantido na edição brasileira.

 

 

Comentários via Facebook

Contadora (de números e histórias). Aquariana típica, meio futurista, meio démodé. Amante do universo literário e da cultura japonesa. Sempre com um livro e um mangá na bolsa, sonhando acordada a cada página virada. Apreciadora do bom e velho rock n roll. Filmes, animes, séries e um bom jogo de futebol também fazem parte dos meus dias. Acredito fielmente que feito é melhor do que perfeito.

Mais lidas