Loki: TUDO o que você precisa lembrar antes da 2ª temporada!

Confira os principais detalhes da série Loki para lembrar antes da segunda temporada

Confira todos os detalhes para lembrar antes da segunda temporada de Loki

A tão aguardada segunda temporada de Loki finalmente chegou ao Disney+, e antes de mergulharmos nessa nova fase, vale a pena fazer uma rápida recapitulação de tudo o que aconteceu na primeira temporada do Deus da Trapaça. Nosso olhar retrospectivo nos levará através dos principais acontecimentos que moldaram o enredo e personagens nesta emocionante jornada.

Com a volta de Tom Hiddleston, a segunda temporada ade Loki prepara grandes surpresas, todas elas conectadas com a primeira fase da séria. 

Loki 2
Imagem: CinePOP

Leia mais: 

IMPERDÍVEL: nova série romântica deixará os fãs de Virgin River APAIXONADOS!
Corra para ver: suspense IMERSIVO e aterrorizante sairá da Netflix em breve!

Confira os principais eventos da primeira temporada de Loki

A primeira temporada de Loki começou com um evento que ecoou diretamente a partir dos eventos de Vingadores: Ultimato, onde Loki, em uma reviravolta surpreendente, escapa usando o Tesseract. Esse ato desencadeia a criação de uma linha do tempo alternativa, uma violação do curso natural dos eventos que ameaça desestabilizar todo o Universo Cinematográfico Marvel (MCU). Nesse contexto, Loki se torna uma variante, alguém que desafia o curso correto dos acontecimentos e ameaça a integridade da linha do tempo. A Autoridade de Variância Temporal (TVA) entra em cena, uma organização que monitora e mantém a ordem no multiverso, e captura Loki por perturbar a linha do tempo, além de apagar a linha do tempo alternativa que ele criou.

Loki é então levado à sede da TVA, onde ele aprende sobre os cronometristas e a missão da organização. Nesse cenário, ele conhece o agente Mobius, que o salva de ser “podado”, ou seja, removido da existência, e pede sua ajuda em um caso envolvendo uma variante perigosa. Loki, inicialmente relutante em acreditar na existência da TVA, tenta fugir, mas logo percebe que a organização é uma força poderosa que transcende o tempo e o espaço.

Ao longo dos episódios seguintes, Loki desvenda os mistérios que envolvem a TVA e seu propósito. Ele descobre que as Joias do Infinito, que antes eram consideradas símbolos supremos de poder, são usadas como peso de papel pelos funcionários da TVA, indicando a magnitude do controle da organização sobre a realidade. Loki também percebe que a TVA detém um poder imenso sobre o multiverso, apesar de sua existência ser praticamente desconhecida pelas demais civilizações.

A trama se complica ainda mais quando Loki descobre que a variante que a TVA deseja capturar é, na verdade, uma versão feminina dele mesmo, que age como uma fugitiva do tempo. O encontro entre as duas variantes de Loki é um ponto crucial na história, revelando os aspectos mais profundos da psique do personagem.

Os episódios subsequentes levam Loki e sua variante feminina, conhecida como Sylvie, em uma jornada pelas várias linhas do tempo e dimensões do MCU, explorando o conceito de “apocalipses“, eventos nos quais o curso dos acontecimentos já está selado, o que os torna invisíveis para a TVA.

O quarto episódio é particularmente revelador, pois expõe a verdade sombria sobre a TVA. Sylvie revela a Loki que os funcionários da organização não foram criados pelos Guardiões do Tempo, mas são variantes que tiveram suas memórias apagadas e foram coagidos a servir à TVA. Essa revelação desencadeia uma série de eventos que culminam na prisão de Loki por Mobius e na ascensão da juíza Reneslayer como uma figura-chave.

O quinto episódio se desenrola no Vazio, um local que serve como um depósito de resíduos temporais. Lá, Loki encontra várias outras variantes de si mesmo, incluindo versões mais antigas e excêntricas do personagem. Juntos, eles enfrentam a ameaça de Alioth, uma entidade temível que devora tudo em seu caminho.

O desfecho da temporada ocorre quando Loki e Sylvie chegam à Cidadela no Fim dos Tempos, onde encontram o “Aquele que Permanece“, uma variante de Kang, que explica sua missão de manter a ordem no multiverso ao eliminar suas próprias variantes. A tensão culmina em um momento de escolha para Sylvie, que decide assassinar Aquele que Permanece, abrindo as portas para um futuro incerto.

Primeira temporada de Loki é marcada por grandes eventos 

Esta primeira temporada de Loki foi repleta de reviravoltas, mistérios e explorações profundas da identidade e das motivações dos personagens. A jornada de Loki, de um vilão egocêntrico a um herói em busca de redenção, foi magistralmente construída, deixando os fãs ansiosos para a segunda temporada, que promete continuar a explorar o vasto e complexo universo da TVA e as ramificações do multiverso no MCU.

Loki 2 temporada
Imagem: CinePOP

O que esperada da segunda temporada de Loki 

A segunda temporada de Loki nos reserva uma série de questões a serem respondidas, incluindo o destino de personagens como Mobius e Sylvie, o impacto da morte de Aquele que Permanece nas linhas do tempo e a crescente instabilidade do multiverso. Os fãs podem esperar uma narrativa repleta de reviravoltas, traições e surpresas, à medida que Loki e seus aliados enfrentam desafios ainda maiores no universo em constante expansão da Marvel.

Assista ao trailer da segunda temporada de Loki, grande novidade do Disney+

Comentários do Facebook