Jonathan Majors entrega à Justiça vídeos que podem inocentá-lo de acusação de violência doméstica

Advogada do ator entrega novos documentos em meio a novas polêmicas

A polêmica envolvendo Jonathan Majors, o Kang do MCU, em um caso de violência doméstica ganhou um novo capítulo neste último final de semana. Após ser acusado por uma mulher de agressão, o ator apresentou vídeos que podem provar que ele não teria agredido a vítima, revelando detalhes do que ela fez após o suposto incidente.

Leia mais:

Segundo o portal TMZ, Priya Chaudhry, advogada do ator, já teria entregue à Justiça vídeo que comprovam que a suposta vítima teria ido a uma festa após ter sofrido as agressões, deixando o caso ainda mais confuso.

Jonathan Majors entrega Justiça vídeos que podem inocentá-lo de acusação de violência doméstica
Imagem: Marvel

Advogada de Jonathan Majors entre vídeo à Justiça que podem comprovar a inocência do ator do MCU

Segundo informações, o registro dos documentos ocorreu na quarta-feira passada (19), que apresenta em detalhes todas as evidências que refutam a versão original do depoimento da suposta vítima. A mulher, não identificada, acusa Jonathan Majors de ter quebrado seu dedo e enforcado seu pescoço durante uma corrida de táxi, após questionar mensagens recebidas em seu celular de outra mulher. O documento contém provas, incluindo o testemunho do próprio motorista de táxi.

Segundo Chaudhry, o motorista afirmou ter visto a mulher “agredindo, arranhando e atacando” Majors por volta da 1 hora da manhã do dia 25 de março, enquanto tentava roubar seu celular. O registro afirma ainda que o motorista não testemunhou nenhuma forma de retaliação física, e que o ator sequer aumentou o tom de voz. Além disso, o ator teria pediu ao motorista que parasse o carro e expulsasse a mulher para evitar problemas.

Depois do incidente, a advogada afirma que a possível vítima passou as horas seguintes em uma festa animada com amigas, enviando mensagens ao ator, acusando-o de infidelidade e ameaçando cometer suicídio. No entanto, essas  mensagens em si não foram incluídas no processo, deixando os detalhes um pouco confusos.

Vídeos mostraria vítima em festa após jonathan Majors ter agredido ela

No entanto, as câmeras de segurança da festa fornecem evidências de que a mulher estava presente no local apenas alguns minutos após o incidente no táxi. Nas imagens, ela estava usando a mesma mão que supostamente foi ferida por Jonathan Majors, sem mostrar qualquer dificuldade.

Após sair da festa, a vítima teria ido para a casa do ator às 3h23 da manhã, onde acabou não o encontrando. Dentro do apartamento, ela teria ligado diversas vezes para ele e enviado mensagens  xingando o ator.

Segundo Jonathan Majors, ele teria chegado em casa somente às 11h13 da manhã, encontrando sua ex-namorada semi nua e desacordada no closet, após ela ter vomitado em seu quarto. Segundo o ator, a mulher havia tomado pílulas para dormir e que após encontrá-la, ele imediatamente ligou para a emergência. Quando os paramédicos chegaram para prestar socorro, a mulher disse não saber o que aconteceu.

No documento, a advogada alega que a polícia instruiu a possível vítima a alegar que havia sido enforcada, e imagens das câmeras presas no uniforme dos policiais foram incluídas como prova no processo.

Até o momento, a promotoria envolvida no caso não deu uma respostas oficiais sobre os novos documentos, mas novas acusações contra Jonathan Major têm surgido nos últimos dias, deixando o processo ainda mais polêmico.

Jonathan Majors entrega à Justiça vídeos que podem inocentá-lo de acusação violência doméstica
Imagem: HBO

Assista ao trailer de Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania, último lançamento da Marvel com Jonathan Majors