Trecobox
Sua caixa de conteúdo Geek

James Gunn fala sobre ser despedido da Marvel

Imagem: O Vício
0

Em entrevista recente o diretor de O Esquadrão Suicida, James Gunn, falou sobre ser demitido da Marvel em 2018.

Série sobre ‘Tiger King’ com Nicolas Cage não irá mais acontecer

James Gunn fala sobre ser despedido da Marvel

Ninguém teve uma reviravolta como James Gunn. Depois de escrever e dirigir os dois primeiros filmes dos Guardiões da Galáxia para a Marvel, Gunn foi demitido depois que tweets inadequados que ele fez anos atrás ressurgiram. Os fãs se opuseram à sua demissão, considerando-a arbitrária e reacionária.

Pouco depois, a Warner Bros. e a DC pegaram Gunn e lhe deram as chaves de seu reino. O diretor acabou decidindo dirigir O Esquadrão Suicida, que deve chegar aos cinemas no mês que vem.

Em uma entrevista a Esquire, James Gunn discutiu abertamente sua demissão na Marvel e como ele abordou toda a situação:

“Eu só – as coisas ficaram loucas por um momento. Meio que fiquei no meu espaço e fui honesto comigo mesmo. Eu não deixei isso me destruir de forma alguma. Assumi a responsabilidade pelas coisas que fiz. Essa certamente não foi uma situação sem culpa.”

Quando o trabalho em O Esquadrão Suicida começou, a polêmica em torno de James Gunn diminuiu. A Marvel apareceu e reintegrou Gunn como roteirista e diretor de Guardiões da Galáxia. No entanto, concordar em trabalhar com a Marvel novamente significou ter uma conversa franca com a Warner Brothers:

“Eu fui para a casa de Kevin Feige [presidente do Marvel Studios] e me sentei com ele. Eu disse: ‘Eu realmente gostaria de fazer isso, mas você precisa saber de uma coisa. E então eu disse a ele qual era o filme e qual era a situação, porque ele é meu amigo. Ele é outro ser humano. Eu sou aberto e honesto sobre tudo isso. E, ao mesmo tempo, tive que ligar para Toby Emmerich [presidente da Warner Bros.]. Mas eu disse a ele: ‘Estou totalmente comprometido com o Esquadrão Suicida, isso não significa que vou apenas voltar para a Marvel para sempre, e nunca voltaremos para DC. Eu só quero ser honesto com todos. Eu coloco tudo em cada filme que faço e não deixo nada no chão. Isso permanece o mesmo, não importa o quê.”

James Gunn já acabou por enquanto seu trabalho com a DC, quando terminou de produzir O Esquadrão Suicida e a série Peacemaker.

Gunn agora retorna a Marvel para escrever e dirigir Guardiões da Galáxia 3 Vol. 3 que tem data de lançamento para 5 de maio de 2023.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre filmesséries e muito mais!
Imagem: O Vício

Comentários via Facebook

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.