Trecobox
Sua caixa de conteúdo Geek

James Bond de Sean Connery era um estuprador, diz diretor

Cary Fukunaga citou uma cena específica

0

James Bond de Sean Connery era um estuprador, de acordo com o diretor Cary Fukunaga. Fukunaga afirmou, durante uma entrevista para a Variety, que o 007 interpretado pelo lendário ator basicamente estuprou uma mulher em um dos longas do agente.

James Bond de Sean Connery era um estuprador, diz diretor

Durante sua entrevista, Cary Fukunaga relembrou de um momento em um dos filmes de 007, afirmando que o agente basicamente estuprou uma mulher, em uma cena na qual a mesma demonstrou não ter a intenção de ter nenhuma relação com o agente, porém Bond não recuou. Para o diretor, nos dias de hoje a cena não seria aceita.

“Eu não me lembro se era em 007 Contra a Chantagem Atômica ou 007 Contra Goldfinger… mas há uma cena em que o Bond de Sean Connery basicamente estupra uma mulher. Ela diz ‘não, não, não’, e ele responde ‘sim, sim, sim’. Isso não seria bem recebido hoje”

Fukunaga também disse que em Sem Tempo Para Morrer, novo filme do agente, a produtora Barbara Broccoli desejou que o mundo em torno de Bond mudasse, embora o personagem não pudesse ser modificado da noite para o dia.

O diretor comentou sobre a importância de Phoebe Waller-Bridge, chamada para “ajustar o roteiro do filme”, neste processo.

“A expectativa sempre foi essa: uma mulher escrevendo papéis femininos muito mais fortes. Barbara sempre quis isso, desde a primeira conversa que tivemos sobre o filme. […] Esta é a história de um homem branco sendo espião, mas você precisa ter consciência e fazer das mulheres na história algo mais do que apenas casualidades”

007: Sem Tempo Para Morrer será lançado no dia 30 de setembro no Brasil.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre filmes, séries e muito mais!
Imagem: Collection Christophel via AFP

Comentários do Facebook

- Publicidade -