Isabelle Huppert anseia por ser vilã da Marvel: A visão única da premiada atriz

Isabelle Huppert revela interesse em ser vilã no universo Marvel

0

A renomada atriz Isabelle Huppert, conhecida por sua vasta e impressionante filmografia, expressou seu desejo de explorar novos horizontes em sua carreira, inclusive o universo cinematográfico da Marvel. Em uma recente entrevista ao The Guardian, Huppert mencionou que adoraria fazer parte do panteão de vilões da Marvel, assim como seus colegas vencedores do Oscar, Christian Bale e Cate Blanchett.

Isabelle Huppert anseia por ser vilã da Marvel: A visão única da premiada atriz
Imagem: Reprodução

Leia mais:

Dorama da Netflix se baseia na história da herdeira da Samsung

7 filmes imperdíveis que estreiam nos cinemas em março de 2024: de terror a ação!

Por que Isabelle Huppert deseja interpretar uma vilã da Marvel?

Conhecida por seus papéis complexos que frequentemente borram a linha entre herói e vilão, como nos filmes “A Professora de Piano” e “Elle”, Huppert vê o papel de uma vilã no universo Marvel como uma oportunidade fascinante. “Eu adoraria! Gostaria de fazer um filme de gênero,” disse ela, expressando um desejo particular por interpretar “uma verdadeira vilã, não a vilã na maioria dos filmes que faço, que têm um bom motivo para ser vilã. Nunca chego a interpretar uma pura vilã.”

Como Isabelle Huppert vê os desafios e proteções do cinema?

Huppert também refletiu sobre suas colaborações com diretores renomados como Michael Haneke e Paul Verhoeven, considerando esses projetos como pontos altos de sua carreira. “Nunca acho que estou fazendo algo destemidamente, ou que isso exija uma certa quantidade de ansiedade. Confio no cinema em geral,” explicou. Para Huppert, trabalhar com cineastas em quem confia lhe dá confiança e uma sensação de segurança, permitindo-lhe navegar pelos desafios de cada papel sem medo.

Isabelle Huppert e o papel das mulheres no cinema

A atriz destacou a importância de escolher papéis que evitam clichês sobre mulheres na tela e como, desde o início de sua carreira, ela foi atraída por papéis principais complexos. “Desde o início, essa foi uma escolha consciente, mas ao mesmo tempo eu não tinha escolha,” ela compartilhou. Para Huppert, assumir o “lugar principal” foi uma consequência natural de sua trajetória e visão como artista.

A visão de Isabelle Huppert sobre o futuro do cinema e séries de TV

Em um comentário sobre a evolução do entretenimento, Huppert questionou se a experiência de trabalhar em séries de TV, com múltiplos diretores, poderia comprometer a visão singular e estética que, segundo ela, define o cinema. Ela reiterou a importância da “visão original e visionária” de um diretor como parte definidora do que a motiva a participar de um projeto.

Esta entrevista não apenas destaca o desejo de Isabelle Huppert de expandir ainda mais seu repertório artístico, mas também oferece uma visão sobre seu respeito pelo processo cinematográfico e a importância de papéis substanciais para mulheres no cinema. Com sua abertura para novos desafios, incluindo o vasto mundo dos filmes da Marvel, Huppert continua a ser uma figura inspiradora no cenário cinematográfico mundial.