França e Alemanha respondem à ameaça do Meta: ‘Podemos viver sem Facebook’

A UE aceita o ultimato e a França e a Alemanha pressionam o Grupo Meta.

França e Alemanha responderam as ameaças do Grupo Meta afirmando que ‘podemos viver sem Facebook’ e abrem a porta para o Meta sair da Europa caso não estejam de acordo com a legislação vigente no continente.

Meta encontrou um rival à sua altura. A empresa-mãe proprietária do Facebook e do Instagram ameaçou encerrar ambas as redes sociais na Europa se a legislação não fosse alterada após a invalidação do Privacy Shield usado desde 2016 pela Europa e Estados Unidos para troca de dados pessoais. A empresa de Mark Zuckerberg explicou que, se não houvesse acordo, a Meta não poderia oferecer seus serviços nos países da UE e teria que deixar o continente. Agora, a União Europeia respondeu dizendo que: “Podemos viver sem Facebook.”

França e Alemanha respondem à ameaça do Meta: ‘Podemos viver sem Facebook’

Para muitos, o documento publicado pela Meta foi em muitos aspectos uma espécie de ameaça ou ultimato, alertando que se a União Europeia não modificasse seu marco regulatório em relação aos dados pessoais dos usuários, teria que deixar o continente. Em outras palavras: os europeus não teriam acesso ao Facebook e Instagram e milhões de empresas e empresas associadas às redes sociais seriam fechadas. Hoje, tanto Robert Habeck, o ministro das Finanças alemão, quanto Bruno Le Maire, seu colega francês, apostaram alto: o Facebook não é necessário e eles podem sair se quiserem. Conforme explicado no Euroactiv e na mídia Xataka, a posição parece firme:

“Depois de viver sem Facebook e Twitter por quatro anos, minha vida tem sido magnífica”, explicou o ministro alemão. “Posso confirmar que a vida é muito boa sem o Facebook e que poderíamos viver muito bem sem o Facebook”, comentou o alemão. “Os gigantes digitais devem entender que o continente europeu vai resistir e afirmar sua soberania”, destacou Le Maire.

Embora o comentário seja um tanto bem-humorado, Habeck e Le Maire exemplificam a posição da União Européia. Se a legislação não for cumprida, não há outro caminho. O Meta terá que ir.

“É improvável que possamos oferecer vários de nossos produtos e serviços mais significativos, incluindo Facebook e Instagram, no continente”, comentou Meta, caso o tratado não fosse reformulado e formas de compartilhamento de dados entre continentes e seus servidores foram achados. A União Europeia se viu lutando contra esse tipo de corporação há anos, sendo a mais recente o conflito com o Google, que atingiu seu pico em novembro de 2021. Naquela época, a gigante da tecnologia foi forçada a pagar € 2,4 bilhões em multas. A Comissão Europeia sancionou o gigante no já distante 2017, e embora o Google tenha tentado buscar canais legais e recorreu de sentenças diferentes, no final ela foi forçada a desistir e pagar as sensações.

A Lei de Mercados Digitais busca controlar as grandes empresas de tecnologia. Tudo mudou em dezembro passado. A União Europeia aprovou um novo marco regulatório, denominado Digital Markets Act, que busca limitar a liberdade de movimento das grandes corporações de tecnologia, projetando uma lei que busca impedir sua expansão. A ideia é promover a competição e agregar novos sistemas que tentem tornar a vida dos usuários mais confortável na era digital. O conflito com o Facebook terá uma longa jornada, e não seria surpreendente se, uma vez consolidadas as posições entre a corporação e o velho continente, chegasse a um ponto de entendimento baseado em multas ou sanções. E o Meta sabe que perder 500 milhões de usuários é algo que não pode ser permitido em hipótese alguma.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre filmesséries e muito mais!

 

Imagem: Fatos Desconhecidos

Comentários do Facebook

Vai Ter Continuação do Filme Continência Ao Amor? QUAIS MUDANÇAS EXISTEM ENTRE LÚCIFER DE TOM ELLIS E DE SANDMAN? Future Games Show Terá Mais de 50 Jogos TODAS AS RESPOSTAS QUE ESPERAMOS TER NA NOVA SÉRIE DO DEMOLIDOR NO MCU CONFIRA ESSE COSPLAY SURREAL DO GERALT VERSÃO FEMININA