Netflix tem filme de TERROR que promete te assombrar para sempre! Coragem para encarar?

Filme está esquecido na plataforma, mas tem ÓTIMA nota entre o público no Rotten Tomatoes!

Na Netflix: Terror sobrenatural é EXPERIÊNCIA ÚNICA cheia de suspense e momentos de medo

Com um catálogo gigantesco, muitos filmes, séries e até mesmo animes ficam esquecidos na Netflix de vez em quando, sem a atenção do público. E pensando nisso, se você é fã de terror, nós separamos uma incrível recomendação nesta semana, que é conhecida por sua abordagem contemporânea aos filmes de terror sobrenatural, e é uma ótima opção para aqueles que gostam da mistura de suspense e mistério com o gênero. 

E se você ficou curioso, então pode conferir tudo sobre à obra abaixo, além de descobrir se ela vale a pena cada segundo do seu tempo. Não perca!

Netflix
Reprodução: CanalTech

LEIA MAIS:

O crime nunca foi tão envolvente: Sede Assassina é PÉROLA para os fãs de suspense!

Ótima surpresa: filme baseado em fatos reais com Gerard Butler é imperdível na Netflix!

Conheça “Vem Brincar”, o terror sobrenatural esquecido, mas assustador, na Netflix

Para deixar você sem dormir com uma trama cheia terror, sustos e muito mistério sobrenatural, você precisa conhecer o sucesso “Vem Brincar”, que está disponível no catálogo da Netflix. O filme estreou em 2020 e tem origem nos Estados Unidos, com duração de apenas 1h e 36min, além de classificação indicativa de 14 anos. 

O filme segue a história de Oliver, um jovem não-verbal com autismo que usa um aplicativo de comunicação em seu tablet para se comunicar e lutar para criar conexões com seus colegas de classe. No entanto, sua vida muda drasticamente quando ele começa a receber mensagens misteriosas de um estranho ser chamado Larry

Esse ser parece estar preso em um mundo paralelo e tenta se comunicar com Oliver através de dispositivos eletrônicos. Conforme Larry começa a se infiltrar na vida de Oliver e sua família, o terror aumenta, e a mãe de Oliver, Sarah, e seu pai, Marty, se encontram lutando para proteger seu filho de uma presença sinistra que ameaça separá-los.

Abaixo, você pode conferir o trailer oficial de “Vem Brincar”. 

Vem Brincar” é um longa-metragem baseado no curta “Larry”, que foi escrito e dirigido por Jacob Chase. Seguindo uma premissa semelhante ao longa da Netflix, essa história nos leva a uma jornada que explora o medo do desconhecido e o impacto da tecnologia nas pessoas, combinando o terror sobrenatural com as ciências. 

No Rotten Tomatoes, para aqueles curiosos, o filme tem 56% de aprovação da crítica, baseado em 121 avaliações. No entanto, entre o público, ele se encontra com 67% de aprovação da audiência, além de contar com uma classificação de 5,7 de 10 no IMDb

Jovem elenco de “Vem Brincar” são os destaques no filme; Conheça o diretor e roteirista da obra da Netflix!

Em “Vem Brincar”, o protagonismo do filme da Netflix é entregue à Azhy Robertson, dos sucessos “História de um Casamento” (2019), “No Escuro da Noite” (2018), e “Invasion” (2021). Ao lado dele, também encontramos Gillian Jacobs (“Community”) como Sarah, e John Gallagher Jr. (“Rua Cloverfield, 10”) como Marty. 

Além deles, o elenco também conta com Winslow Fegley, Rachel Wilson, Jayden Marine, Gavin Maclver-Wright, Eboni Booth e Dalmar Abuzeid

O roteiro e a direção do filme, assim como no curta-metragem “Larry”, são de responsabilidade de Jacob Chase, com produção para a Focus Features

Netflix
Reprodução: Boca do Inferno

Vale a pena assistir “Vem Brincar” na Netflix?

Vem Brincar” recebeu críticas mistas da crítica e do público, com alguns elogiando a atuação de Azhy Robertson e o uso criativo da tecnologia para criar tensão, enquanto outros apontaram uma trama previsível e familiar, com elementos típicos dos filmes de terror sobrenatural.

É claro, vale apontar que opiniões podem variar, e se você é um entusiasta de filmes de terror que exploram o uso de dispositivos eletrônicos e temas psicológicos, pode ser que valha a pena assistir “Vem Brincar” e tirar suas próprias conclusões. No Brasil, você encontra o filme na Netflix

Comentários do Facebook