Entre lágrimas e sorrisos: filme TOCANTE na Netflix vai mexer com seus sentimentos e te inspirar!

Um filme de drama ideal para quem quer ver uma grande superação e se emocionar!

Esse filme vai te emocionar muito

Se você ama um filme para refletir, certamente “Extraordinário” é o título perfeito para você e o melhor é que ele está na Netflix. O longa, dirigido por Stephen Chbosky e baseado no best-seller de R.J. Palacio, é uma obra cinematográfica que transcende a tela para tocar os corações do público. Lançado em 2017, o filme oferece uma narrativa emocionante e inspiradora que aborda temas de aceitação, amizade e superação, centrados em torno do protagonista August “Auggie” Pullman.

O menino de apenas 10 anos nasceu com uma doença genética rara e que não tem cura, a Síndrome de Treacher Collins. Essa síndrome afeta, principalmente, os ossos da face da pessoa, o que interfere na aparência física. 

Extraordinário
Imagem: Divulgação

Leia mais: Veja TODOS os grandes lançamentos da Netflix para janeiro de 2024!

Diamante bruto: esse filme INCRÍVEL escondido na Netflix vai te deixar chocado e emocionado!

Qual a trama do filme? 

A trama de “Extraordinário” gira em torno de Auggie Pullman, interpretado por Jacob Tremblay, um jovem com uma condição facial rara que o levou a diversas cirurgias. Auggie enfrenta o desafio de ingressar no ensino fundamental pela primeira vez, expondo-se a um ambiente social desconhecido. Assim, a história explora não apenas as experiências de Auggie, mas também o impacto que suas vivências têm em sua família, amigos e colegas de escola. A narrativa é uma jornada de autodescoberta, compaixão e aceitação, destacando a beleza da diversidade e a importância de superar preconceitos.

Sobre os personagens

É importante destacar que os personagens de “Extraordinário” são ricamente construídos, proporcionando uma representação autêntica das complexidades das relações humanas. Auggie, interpretado de maneira notável por Jacob Tremblay, personifica a resiliência e a gentileza mesmo diante de adversidades. Sua família, composta por Isabel (Julia Roberts), Nate (Owen Wilson) e Via (Izabela Vidovic), também desempenha papéis cruciais na trama, oferecendo uma visão abrangente das experiências daqueles que cercam Auggie.

Os colegas de escola de Auggie, como Summer (Millie Davis), Jack Will (Noah Jupe) e a espirituosa Via, contribuem para a riqueza da narrativa ao explorar temas como empatia, amizade e o impacto positivo que as conexões humanas podem ter em nossas vidas. Cada personagem é habilmente delineado, contribuindo para a construção de um mosaico emocional que ressoa com o público.

Direção 

Stephen Chbosky, conhecido por seu trabalho em “As Vantagens de Ser Invisível,” imprime sua marca distintiva em “Extraordinário.” Sua direção sensível e perspicaz captura a essência do livro, preservando a autenticidade e a profundidade emocional da história. Chbosky utiliza uma abordagem visual envolvente, combinada com uma trilha sonora emotiva, para aprimorar a experiência do espectador.

A escolha de focar em diferentes perspectivas, alternando entre os pontos de vista dos personagens, permite que o público compreenda a complexidade emocional de cada indivíduo, enriquecendo a narrativa. A direção de Chbosky contribui para a construção de um filme que transcende o gênero dramático, tornando-se uma celebração da força interior e da beleza que reside nas diferenças.

Indicações ao Oscar

“Extraordinário” recebeu merecidas indicações ao Oscar, reconhecendo não apenas a excelência na direção, mas também performances destacadas e adaptação notável. A atuação de Jacob Tremblay, foi amplamente aclamada, consolidando-o como um talento promissor em Hollywood. A direção de Chbosky, que guiou o filme com sensibilidade e maestria, contribuiu para a categoria de Melhor Direção.

O filme também recebeu elogios pela adaptação fiel do livro e pela maneira como capturou a essência da história original. A indicação para Melhor Roteiro Adaptado reflete a habilidade da equipe em traduzir a narrativa literária para o formato cinematográfico, mantendo sua integridade emocional.

Ou seja, “Extraordinário” transcende as fronteiras do cinema para se tornar uma experiência transformadora. Com uma trama envolvente, personagens cativantes e uma direção habilidosa, o filme traz mensagens universais de compaixão e aceitação. Suas indicações ao Oscar solidificam o impacto duradouro que a obra teve no cenário cinematográfico, destacando a importância de contar histórias que inspiram, educam e promovem a empatia. 

Imagem: Divulgação