Siga-nos também em

Games

FIAGTC Red Bull Hangar-7 | Mikail Hizal vence a Copa das Nações

FIAGTC Red Bull Hangar-7 | Mikail Hizal vence a Copa das Nações

Com estratégia impecável, Mikail Hizal vence na FIAGTC Red Bull Hangar 7

 

Se a etapa da FIAGTC Red Bull Hangar-7 tivesse uma trilha sonora oficial, sem dúvidas seria a música Dream On. Afinal, Mikail Hizal vem sonhando em subir ao ponto mais alto do pódio desde a final mundial em Mônaco, no ano passado. Mas como diz a música do Aerosmith: “sonhe até se tornar real”, e assim fez Hizal. Além disso, após aquela polêmica final em Nova York, Igor Fraga mesmo de fora fez um ato sensacional. Ok! Chega de papo e vamos aos acontecimentos dessa competição de eSports focado em Automobilismo, organizado pela PlayStation.

 

Corrida Semi-Final A – Circuito Barcelona Catalunya – Bugatti VGT Gr.1 – 12 voltas

 

Para onde foi Mikail Hizal

 

A grande novidade dessa corrida de Semi-Final foi a obrigatoriedade de pit-stop para troca de pneus. Outra atualização foi a ocultação das estratégias antes da corrida, ou seja, os pilotos precisariam definir os primeiros jogos de pneus antes de sentar no cockpit. Ou seja, uma vez escolhido, só poderia ser trocado após o início da prova.

 

 

Então, já na largada, Cody Latkovski tentou ultrapassar passar Mikail Hizal. Além de não obter sucesso, passou a sofrer ataque de Adriano Carrazza que tinha acabado de subir uma posição. Ao final da primeira curva, Carrazza fez a ultrapassagem sobre Latkovski. Porém, durante a manobra, o piloto brasileiro acabou tocando o piloto australiano o que resultou numa penalização de 1″. Dessa forma, na terceira volta, Latkovski retornou a segunda posição.

Enquanto isso, Hizal fez o que sabe fazer melhor: abrir uma vantagem gigantesca para o segundo colocado resultando na vitória. Os demais classificados para a corrida final foram Latkovski, Carrazza e Jonathan Wong.

 

Corrida Semi-Final B – Tokio Expressway East Outer Loop – Pagani Zonta R – 9 voltas

 

Takuma Miyazono largou em primeiro, seguido de Rayan Derrouiche e Adam Suswillo. Embora estivessem sob chuva intensa, guiando uma Pagani, carro potente e difícil de pilotar, a corrida foi intensa. Para se ter uma ideia, as três primeiras voltas foram lideradas pelos três pilotos. A saber, tudo isso graças ao poder do vácuo e as longas retas do circuito.

 

FIAGTC Red Bull Hangar-7 | Mikail Hizal vence a Copa das Nações

 

Como se não bastasse, a disputa por posições entre os três primeiros pilotos fez com que os demais se aproximassem. Com isso, nas últimas voltas, Andrew Brooks e Coque López também entraram na disputa. O resultado disso foi a vitória de Miyazono, seguido de Brooks, Suswillo e López.

 

Corrida de Repescagem – Sardenha Windmils – Gr. B – Dirt

 

As corridas de repescagem até essa etapa eram conhecidas por ser um verdadeiro “salve-se quem puder”. Contudo, mesmo sendo um Rally noturno, pela primeira vez não houve alterações de posições dos quatros primeiros durante a prova. Com isso, Baptiste Beauvois, Rayan Derrouiche, Kin Long Li e Salvatore Maraglino se classificaram para a prova final.

 

FIAGTC Red Bull Hangar-7 | Mikail Hizal vence a Copa das Nações

Corrida Final – Autodromo de Monza – Red Bull X2019 Competition – 20 voltas

 

O vídeo a seguir ajuda a compreender melhor os acontecimentos dessa corrida final no Red Bull Hangar-7. Portanto, é uma boa ideia assisti-lo.

 

.

Logo na primeira variante, Mikail Hizal defendeu sua posição do ataque de Takuma Miyazono e começou a abrir vantagem. Já Adriano Carrazza largou em quinto e chegou a ganhar uma posição durante a primeira volta. Contudo, ao trocar os pneus duros da largada, fez pit-stop na terceira volta, caindo para a sétima posição. Ele até tentou ultrapassar Coque López, porém cometeu um pequeno erro após a primeira variante. Depois desse acontecimento, a corrida do brasileiro ficou bem prejudicada.

 

FIAGTC Red Bull Hangar-7 | Mikail Hizal vence a Copa das Nações

 

Rafael Almeida, competidor e produtor do Rafanza7, canal especializado no Gran Turismo Sports falou um pouco sobre esse início de prova:

 

“O circuito de Monza, por ser uma pista de reta, exige uma habilidade a mais para contornar as curvas. Principalmente com aquele carro. Portanto, em Monza acontece muita loteria por incidentes. Assim, fica muito difícil prever o ritmo de outros pilotos por conta do uso do vácuo. Desse modo, pode acontecer de um piloto que não saia na frente na saída dos boxes se prenda em disputas constantes que fazem os demais abrirem distância.”

 

Os 16 L que decidiram o FIAGTC Red Bull Hangar-7

 

A disputa entre Hizal e Miyazono ganhou um novo episódio durante o primeiro pit-stop. Nesse momento, ambos fizeram substituição de pneus macios para os médios, porém o piloto japonês colocou 16 L de combustível a menos, voltando às pistas a frente do piloto alemão por 1″ de vantagem.

 

 

“Para conhecimento geral, o Red Bull X2019 Competition é um carro diferente dos demais. Além de ter ação rápida, o carro possuí diversas possibilidades de estratégias, tal como ritmo e desempenho por peso de combustível. Então, a administração de desgaste é tão importante quando o nível de preparação do piloto. Com isso, não dá para correr competitivamente sem conhecer 100% do carro, pois ele muda sua sensibilidade a cada volta. Dessa forma, a capacidade de percepção e readaptação exigem um feeling bem aprimorado, ainda mais trocando de compostos de pneus. Agora, entendemos o porquê da final ser sempre esse carro ultimamente e provavelmente até a grande final de 2019.” – disse Rafael Almeida

 

O grande ponto de virada foi durante a segunda rodada de pit-stop, graças aos 16 L a mais, o piloto alemão fez o segundo pit-stop três voltas após o piloto japonês. Assim, ao voltar para pista, ele tinha uma vantagem de 7″ a frente de Miyazono, o que possibilitou a vitória de Mikail Hizal no Red Bull Hangar-7.

 

FIAGTC Red Bull Hangar-7 | Mikail Hizal vence a Copa das Nações

SALZBURG, AUSTRIA – 14 de Setembro : Mikail Hizal (TRL_LIGHTNING) da Alemanha celebra a victória (Photo by Bryn Lennon – Gran Turismo/Gran Turismo via Getty Images)

O que dizem os profissionais da área de Automobilismo Virtual sobre o FIAGTC Red Bull Hangar 7?

 

Para Diego Soares, um dos organizadores da Liga ApexGT, as corridas das Semi-Finais foram emocionantes. Mas, as corridas de repescagem e a final foram monótonas.

 

Analisando os pilotos Individualmente, Hizal foi perfeito nessa nations e não deu chance para o azar tanto em ritmo de corrida como estrategicamente. Latkovski vem demonstrando que tem muito a evoluir. E Adriano Carrazza (Didico) fez uma grande Semi-Final. Isso porque a estratégia de poucos erros fez a diferença em sua permanência no top 10 do mundo, e como conhecemos ele vai se “Didicar” mais ainda para a próxima!”

 

Gilmar, um dos organizadores da Liga Brasil AV, também concorda sobre o clima monótono, principalmente a repescagem. Contudo, fez elogios ao piloto alemão.

 

“A escolha das pistas para o Semi-Final B e a repescagem acabaram tirando um pouco da emoção. Por exemplo, Na Tokyo Expressway um acidente poderia tirar o piloto de qualquer chance de chegar às finais. E na repescagem a escolha pelo rally acabou definindo os classificados muito antes da bandeira final. Já a final em si mostrou como o piloto alemão Hizal é sim um dos maiores adversários do brasileiro Igor Fraga na grande final, em Mônaco.”

 

Já para Rafael Almeida, a configuração da corrida da Semi-Final B teve um grau de dificuldade mais elevado. Porém, também elogiou o desempenho de Hizal.

 

“Fica meus parabéns ao Hizal por finalmente pegar o pódio, era o sonho dele. Foi com bastante determinação para aproveitar a ausência do Igor e mais ainda quando notou que outros grandes adversários como Coque López e Nico Rubilar, ficaram para trás nos grids”

 

Igor Fraga não participou, mas marcou presença no torneio

 

Embora Igor Fraga não tenha participado dessa etapa da FIAGTC, graças a compromissos ligados a sua carreira de piloto de pista, o campeão da FIAGTC 2018 marcou presença. Além disso, horas antes do evento via twitter, o piloto brasileiro pediu desculpas através ao piloto alemão pelo ocorrido incidente de Nova York.

 

” Fiquei pensando nessa corrida e me desculpe. Vencer é nosso objetivo, mas sei que precisamos ser um exemplo dentro e fora da pista. Temos muitos espectadores, incluindo crianças que ingressarão no GTC no futuro. Infelizmente eu não pude comparecer hoje, mas estou ansioso para correr com você novamente!”Igor Fraga

 

Ao que tudo indica, a paz foi feita.

 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Adam Suswillo (@adamsuswillo) em


A próxima etapa do FIAGTC ocorrerá em Tóquio nos dias 23 e 24 de outubro. A equipe Trecobox já está contando os dias para próxima etapa. Contem nos comentários quem será o próximo a se classificar?

Comentários via Facebook

Um geólogo nascido no Rio. Apaixonado por filmes, séries, videogame. Produtor de stories no Instagram. curioso pra caramba. Não sei muito bem o que tô fazendo aqui, me convidaram porque devo ser legal, nunca saberei.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas