Baseado em fatos reais, esse é o filme MAIS EMOCIONANTE da Netflix – e vai te deixar destroçado!

Refugiadas sírias participaram de Olimpíadas após nadarem pela própria vida

0

Refugiadas sírias precisaram nadar pela própria vida

“As Nadadoras” é o filme mais emocionante da Netflix e foi lançado em novembro de 2022, baseado na emocionante história real das irmãs Mardini, Yusra e Sara, refugiadas sírias. O filme retrata a jornada incrível dessas nadadoras, que fugiram da guerra na Síria e, em um momento crucial, tiveram que nadar pela própria vida.

Yusra Mardini, em particular, ganhou destaque mundial por sua notável participação nas Olimpíadas. A narrativa destaca os desafios enfrentados pelas irmãs, desde a fuga da guerra até suas conquistas nos eventos esportivos de grande prestígio.

O filme é reconhecido não apenas por sua representação inspiradora de resiliência e coragem, mas também por lançar luz sobre a crise dos refugiados e as histórias individuais por trás dos números.

filme mais emocionante da netflix
Imagem: Vida Simples

Veja mais:

Intrigas e suspiros: dorama de romance e mistério é verdadeiro tesouro na Netflix!

Não Quero Fazer Nada: conheça o dorama romântico que está DOMINANDO a Netflix!

Sinopse e elenco do filme mais emocionante da Netflix “As Nadadoras”

A sinopse do filme mais emocionante da Netflix, “As Nadadoras”, é a seguinte:

“As Nadadoras apresenta a história real e emocionante das irmãs nadadoras Yusra e Sara Mardinij e suas jornadas quase milagrosas, de refugiadas de uma Síria devastada pela guerra, até as Olimpíadas do Rio de 2016. 

Yusra e Sara forma treinadas pelo pai, Ezzat, que um dia gostaria de vê-las sendo mais do que o país permite. Yusra já é campeã mundial, mas quando volta para casa, percebe que o país que um dia chamou de lar está cada dia mais alastrada por uma guerra. Em 2015, a guerra civil invadiu suas vidas a tal ponto que se mudar para a Europa é a única opção viável. 

É então que as duas irmãs adolescentes foram forçadas a uma perigosa viagem a Berlim com seu primo aspirante a DJ, Nizar. Mas o caminho também não é nada seguro. Para chegar a ilha de Lesbos, na Grécia, as irmãs viverão os horrores de refugiados e exilados. O longa biográfico acompanha a dedicação das atletas e aborda a força transformadora do esporte, que é capaz de mudar vidas.”

Os atores e atrizes que compõem o filme mais emocionante da Netflix, “As Nadadoras”, é a seguinte:

  • Nathalie Issa como Yusra Mardini
  • Manal Issa como Sarah Mardini
  • Ahmed Malek como Nizar
  • Matthias Schweighöfer como Sven
  • James Krishna Floyd como Emad
  • Ali Suliman como Ezzat Mardini
  • Kinda Alloush como Mervat Mardini
  • Elmi Rashid Elmi como Bilal
  • Nahel Tzegai como Shada

O filme “As Nadadoras” é baseado em fatos reais?

Sim, o filme “As Nadadoras” é baseado em fatos reais. Lançado pela Netflix em novembro de 2022, o filme retrata a emocionante história das irmãs Mardini, Yusra e Sara, refugiadas sírias que fugiram da guerra. A narrativa destaca como essas nadadoras enfrentaram desafios extraordinários e, em um momento crucial, tiveram que nadar pela própria vida.

O enredo se concentra na trajetória inspiradora de Yusra Mardini, que ganhou destaque internacional por sua participação nas Olimpíadas. O filme não apenas aborda a jornada esportiva das irmãs, mas também lança luz sobre a crise dos refugiados e as histórias individuais por trás dela.

Sobre a atriz Nathalie Issa

Nathalie Issa é uma atriz libanesa nascida em 17 de dezembro de 1998. Conhecida por sua atuação em diversos projetos, ganhou destaque por seu papel principal no filme “The Swimmers” (2022), uma produção original da Netflix. Além disso, ela também participou de outros filmes, incluindo “My Favorite Fabric” (2018) e “Sea Salt” (2023).

Com uma carreira ascendente, Nathalie Issa conquistou reconhecimento não apenas por seu talento como atriz, mas também por sua participação em projetos que chamam a atenção do público internacional. Nascida no Líbano, ela possui uma nacionalidade franco-libanesa e tem contribuído para a cena cinematográfica com seu trabalho expressivo.

Comentários do Facebook