Fã de Dragon Ball ajuda a colocar falsificador na cadeia

Um fã de Dragon Ball ajudou a prender um falsificador de mangás no Japão, após ter adquirido uma versão falsificada da primeira edição de Dragon Ball.

Dragon Ball é uma das maiores séries de anime, e seu mangá ajudou a mudar o gênero shonen de grandes maneiras. Akira Toriyama ainda está supervisionando a série depois de todo esse tempo, e cada ano que passa, as primeiras aparições de Goku no mangá se tornam mais valiosas.

Agora, aproveitando esse alto valor do mangá, falsificadores tentam lucrar com mangás piratas, mas um deles acabou se deparando com o fã errado.

Conforme relatado por Asahi Shimbun, um homem em Tóquio foi preso pelas autoridades por supostamente vender uma edição pirata de do mangá de Akira Toriyama. O relatório sugere que o vendedor online tentou vender a edição de estreia de Dragon Ball de 1984.

Dragon Ball

Eles conseguiram fazer a venda por cerca de US$ 1.200, mas a pessoa que comprou a edição foi rápida em identificá-la como falsa.

Como o fã identificou o mangá falso de Dragon Ball

O relatório explica que o comprador é um grande fã de Dragon Ball e possui vários itens colecionáveis ​​raros. Por exemplo, eles têm várias edições da edição de estreia de Dragon Ball na Weekly Shonen Jump.

O fã que comprou a obra, também tinha várias cópias da edição de estreia e assim comparando as que tinha com as que comprou, conseguiu identificar as inconsistências com facilidade.

Mas além dos erros de impressão, houveram outros erros grotescos na falsificação. A edição foi colada, ao em vez de grampeada, e a qualidade do papel usado estava totalmente errada. O preço também estava muito barato, pois as cópias da edição são vendidas por até US$ 2.000.

Após descobrir as inconsistências, o fã entrou em contato com as autoridades de Tóquio, que logo localizaram e prenderam o criminoso.