ESCÂNDALO: Netflix gastou milhões em série, mas nem um episódio foi feito!

Entenda o polêmico caso financeiro da Netflix com diretor

Saiba tudo sobre a grande polêmica financeira envolvendo a Netflix

O diretor da série de ficção científica Conquest da Netflix, Carl Erick Rinsch, teria usado US$ 4 milhões do orçamento da série para apostar na Dogecoin e ganhou US$ 27 milhões no processo. Agora, o diretor, Carl Erik Rinsch, quer mais US$ 14 milhões da Netflix, de acordo com uma reportagem de 22 de novembro do The New York Times, citando um processo de arbitragem confidencial.

O relatório detalha os bastidores da série de ficção científica de Rinsch para a Netflix, Conquest, pela qual a gigante do streaming desembolsou US$ 55 milhões, mas ainda não recebeu um episódio.

Veja mais:

Hidden Love: dorama de romance narra bela e encantadora história de amor!

Magia e amor: descubra o dorama de fantasia e romance que promete te envolver completamente!

A Netflix apostou em Carl Rinsch e perdeu todo o dinheiro

Em março de 2020, 16 meses depois que a Netflix comprou a ideia de Rinsch e lhe forneceu um orçamento inicial de US$ 44 milhões, o diretor pediu mais financiamento. A Netflix concordou e transferiu US$ 11 milhões para ele com a condição de que ele terminasse a série.

De acordo com demonstrações financeiras obtidas pelo The Times, Rinsch usou US$ 10,5 milhões dos novos fundos para apostar no mercado de ações e supostamente perdeu quase US$ 6 milhões em apenas algumas semanas ao fazer apostas de opções em empresas farmacêuticas e no S&P 500.

Com pouco mais de US$ 4 milhões restantes, Rinsch transferiu o dinheiro para a corretora cripto Kraken e investiu tudo na DOGE. Quando se estabeleceu, em maio de 2021, ele sacou cerca de US$ 27 milhões, de acordo com um comunicado bancário visto pelo The Times. “Obrigado e Deus abençoe as criptomoedas”, escreveu Rinsch em um bate-papo com um representante da Kraken.

Com os recursos, Rinsch supostamente gastou cerca de US$ 9 milhões em móveis de alto padrão, roupas de grife, um relógio de luxo no valor de mais de US$ 380 mil, cinco Rolls-Royces e uma Ferrari, de acordo com um contador forense contratado pela ex-mulher de Rinsch para um processo de divórcio.

De acordo com o The Times, Rinsch iniciou um processo de arbitragem confidencial contra a Netflix, alegando que o serviço de streaming violou seu contrato e lhe deve US$ 14 milhões em danos. A Netflix nega dever nada a Rinsch e chamou suas alegações de golpe.

Sobre a série Conquest

“Conquest” é uma série da Netflix que conta com a participação de Keanu Reeves e Bruna Marquezine. A trama se desenrola em um futuro distópico, e as gravações foram realizadas em São Paulo, Nairóbi, Berlim Budapeste e Los Angeles. No entanto, a sinopse oficial não foi amplamente divulgada, mantendo o enredo envolto em mistério. 

O projeto tem sido aguardado com grande expectativa devido ao elenco estelar e ao cenário intrigante de um São Paulo transformado em abrigo para refugiados em um contexto futurista e distópico. A previsão inicial para a estreia era para o final de 2020, mas com essa notícia para que não iremos ver por um bom tempo.

netflix
Imagem: Livecoins

Quem é Carl Erik Rinsch?

Carl Erik Rinsch é um diretor de cinema britânico conhecido por dirigir o filme “47 Ronin” em 2013. Ele estudou na Brown University. Além de seu trabalho em longas-metragens, Rinsch também se destaca na direção de comerciais e no uso de tecnologias interativas de ponta. 

Sua paixão por narrativas envolventes o conduziu por projetos variados, incluindo curtas-metragens notáveis como “The Quiz” (1994) e “Lovely Weather for Rain” (1996). Seu talento e contribuições na indústria do entretenimento o renderam reconhecimento, incluindo o título de Melhor Novo Diretor pela D&AD.

Comentários do Facebook