Siga-nos também em

Filmes

Era Uma Vez Deadpool | Filme é destaque entre as estreias da semana

Era Uma Vez Deadpool | Filme é destaque entre as estreias da semana

Versão “light” de Deadpool 2 tem classificação indicativa de 12 anos

 

Quem disse que Deadpool 2 não pode ser um filme com classificação indicativa baixa? Para provar que todos podem assistir o icônico herói, Era Uma Vez Deadpool apresenta uma pegada mais “light” para o longa. Trata-se de uma versão natalina, sem as cenas violentas ou palavrões do original. Sendo assim, o filme teve sua classificação indicativa reduzida de 16 para 12 anos. Confira abaixo o trailer oficial:

 

 

O relançamento faz uma espécie de homenagem ao filme A Princesa Prometida, de 1987. Na trama, Deadpool sequestra o ator e diretor Fred Savage, que participou do clássico longa na época, e o força a ouvir a história de Deadpool 2. A idéia da história surgiu da necessidade de retirar as cenas violentas e palavrões do filme sem reduzir o tempo de exibição.

Vale lembrar que em A Princesa Prometida o avô do personagem de Savage contava uma história de fantasia para o garoto. Para evitar traumatizá-lo, o idoso criava meios de contornar e evitar as partes mais sangrentas e assustadoras do conto. Tudo indica que o nosso querido mercenário fará algo muito parecido em Era Uma Vez Deadpool, porém sem perder o tom irônico e irreverente que todos nós já conhecemos.

 

Em tempo, Era Uma Vez Deadpool já está em cartaz nos cinemas brasileiros. E você, já assistiu? Aproveita e conta pra gente aqui embaixo nos comentários o que você achou do filme.

 

Ah! E não esqueça de compartilhar a notícia!

 

Comentários via Facebook

Tatuagens e jogos eletrônicos. Duas palavras definem perfeitamente este carioca que, por sinal, não faz a menor ideia de como escrever a própria bio. Um menino metodicamente organizado, prefere o aconchego do sofá e uma boa série a uma noitada com os amigos (mas não recusa o convite). O típico garoto gordinho e viciado em vídeo game que cresceu e se tornou um adulto nerd (ainda gordinho, por sinal).Voar, hospitais e quartos escuros são seus três grandes medos. Às vezes ele os enfrenta, às vezes não (se for um quarto escuro NO hospital, pode esquecer). Faz uso excessivo dos parênteses, pois adora expressar sua opinião sobre as coisas. Afinal, quem não?

Mais lidas