Entenda o final de “Vocês Não Me Conhecem”

0

Tempo estimado de leitura: 6 minutos

A minissérie britânica, lançada no Brasil pela Netflix, tem arrancado elogios de quem viu a produção de quatro episódios. A série é baseada em um livro, escrito pelo advogado Imran Mahmood, lançado em 2017.

A produção acompanha o jovem Hero, interpretado por Samuel Adewunmi, acusado de assassinar o traficante de drogas Jamil Issa, interpretado por Roger Jean Nsengiyumva. Conforme o tempo passa, o julgamento se aproxima e Hero se vê sem saída, pois existem pelo menos oito provas contra ele. Na tentativa de se livrar, Hero demite seu advogado e decide e montar sua defesa com suas próprias palavras.

Entenda o final da minissérie

Se você não entendeu o final da minissérie, aqui está tudo que você precisa saber.

O promotor de justiça Barrister Mahmood, analisa as evidências apresentada ao júri, o sangue de Hero encontrado nas unhas da vítima e a arma do crime que foi achada em seu apartamento. Além de um vídeo feito por uma câmera de segurança que flagrou Hero próximo ao local do crime, e os registro do celular que comprovam a presença dele no local e hora do assassinato.  

Após a demissão do seu advogado, o réu começa seu discurso alegando inocência e que um relacionamento que teve com uma mulher chamada Kyra, interpretada por Sophie Wilde, alegando que o assassinado de Jamil Issa tem relação com a mulher.

Hero conta a história de como conheceu Kyra e começou seu relacionamento, também diz que sua mãe e irmã gostavam de sua nova namorada. Um dia, ao retornar para casa onde vivia com Kyra, Hero não a encontra e decide sair a sua procura, espalhando cartazes e pedindo informações, então se dá conta de que não conhece de fato a mulher com quem estava namorando. Hero recebe uma ligação de uma pessoa que informa que viu Kyra em Camden, norte de Londres. Hero vai até o local informado e descobre que Kyra trabalha como profissional do sexo.

Determinado a salvar sua amada, Hero volta para sua cidade e consegue uma arma com Jamil, que mais tarde passa a ser a arma do crime, retorna para Camden e mata o cafetão de Kyra, a resgatando.

Com seu discurso terminando, ele faz grandes declarações sobre quem de fato é o assassino de Jamil Issa. Contudo, o final produzido na minissérie deixa no ar o veredicto do júri e o mIstério do que acontece com Hero.

Quem matou Jamil?

Imagem: Reprodução Netflix

Em uma cena que acontece no terceiro episódio, é revelado o motivo do porquê Hero tinha pólvora em suas mãos, pois ele atirou no cafetão de Kyra, também porquê tinha fios de cabelo de Hero, no carro de Jamil, isso aconteceu porque Jamil e seus comparsas pegaram Hero a força para conhecer o fornecedor de drogas, Face.

Jamil é visto vendendo drogas em Camden, quando Kyra é procurada por uma gangue chamada Glockz, que foi responsável por obrigar Kyra a se prostituir. Após ser visto, Jamil é impedido de vender sua mercadoria, o que lhe traz prejuízos, pois não consegue pagar Face, então Jamil manda Hero compensar o prejuízo.

A ajuda de Hero vem por meio de Curt, um membro da gangue Glockz, e amigo de infância do réu. Curt planeja roubar 20 mil libras ao se passar por um fornecedor de drogas, vendendo cocaína para Jamil, que na tentativa de compensar Face, compra as drogas. Ao perceber que foi roubado, Jamil se preocupa com Face, com uma arma na mão, Jamil luta com ele e a cena termina com Kyra atirando em Jamil.

Durante o discurso, Hero afirma que esse tiro não matou Jamil. Hero confessa o plano de Kyra, após atirar em Jamil, ela esconde a arma em meio aos documentos de Hero e que após isso, eles deveriam se encontrar no apartamento do réu, mas a mulher mais uma vez desaparece.

Então, a identidade de quem matou de fato Jamil, é revelada. Bless, irmã de Hero foi quem atirou no traficante, em um ato de defesa ao irmão. Então Hero assumiu a culpa da morte de Jamil, manipulando as provas no local do crime, além de pedir para Kyra, para que fugisse. A mulher então o fez prometer, que ao ser julgado, quando estivesse prestes a ser condenado, culparia Kyra pela morte de Jamil.

Com o veredito prestes a sair, Hero analisa sua situação, se for inocente, ele finalmente tem seu final feliz com Kyra, mas deixará a família de Jamil furiosa.

A minissérie acaba antes do juiz declarar se Hero é ou não culpado, mas é possível ver a cena em que o promotor de justiça disse para Hero que seu discurso de inocência não possuía nenhuma prova de fato, além do juiz informar que seu depoimento não seria valido como evidência. Com isso, é possível que Hero tenha sido condenado pela morte de Jamil.

Comentários do Facebook

Vai Ter Continuação do Filme Continência Ao Amor? QUAIS MUDANÇAS EXISTEM ENTRE LÚCIFER DE TOM ELLIS E DE SANDMAN? Future Games Show Terá Mais de 50 Jogos TODAS AS RESPOSTAS QUE ESPERAMOS TER NA NOVA SÉRIE DO DEMOLIDOR NO MCU CONFIRA ESSE COSPLAY SURREAL DO GERALT VERSÃO FEMININA