Emoções e ação no ar: drama escondido rivaliza com ‘Top Gun’!

Drama repleto de ação desafia 'Top Gun' com altas emoções!

Altitude e adrenalina: este drama oculto está à altura de ‘Top Gun’!

Independentemente de quantas vezes estas são relatadas, as histórias de guerra não deixam de ter seu impacto. São tantas quanto as guerras que o mundo já vivenciou. Até muito recentemente, apenas as versões dos vencedores e heróis dessas batalhas é que eram trazidas ao público, geralmente por meio de livros e filmes. Contudo essa tendência tem evoluído nos últimos anos, revelando as facetas muitas vezes ignoradas dessas mesmas figuras anteriormente enobrecidas. Um exemplo disso é o recém-lançado ‘Irmãos de Honra’.

Na história, Tom Hudner, personagem de Glen Powell, é transferido para uma base naval nos EUA, onde se une a um esquadrão que inclui o reservado Jesse Brown, interpretado por Jonathan Majors, o único piloto negro na equipe na década de 1960. O que começa como um treino rotineiro se transforma numa luta pela sobrevivência quando são enviados à Coreia do Sul durante o conflito com a Coreia do Norte. Hudner testemunha então as realidades que distinguem drasticamente a vida de Jesse da sua própria.

drama
Imagem: reprodução/ uol

LEIA MAIS:

História poderosa: documentário vencedor do Oscar deixará você de boca aberta!

TERROR: filme sul-coreano de zumbi é a definição do medo moderno!

Qual é o papel do racismo estrutural na trama de ‘Irmãos de Honra’?

Inspirado em eventos reais da vida do marinheiro Jesse Brown, ‘Irmãos de Honra’ traz à tona a incômoda questão do racismo estrutural na marinha. Para relatar a jornada de Brown, o primeiro e único piloto negro no esquadrão, a perspectiva escolhida é de Tom Hudner, um piloto branco que, ao longo da trama, se depara diversas vezes com as agruras do racismo vivenciadas por Brown de maneira silenciosa, já que o roteiro não aponta de forma explícita para tais episódios. Ainda assim, o espectador atento será capaz de compreender as nuances do preconceito vivenciado por Brown.

Como ‘Irmãos de Honra’ se encaixa no gênero de drama de guerra?

Com direção de J. D. Dillard, ‘Irmãos de Honra’ apoia-se fortemente na atmosfera dramática e biográfica de sua trama. Grande parte do filme se dedica a relatar os cotidianos episódios de vida na marinha, trazendo as cenas de ação apenas no terceiro ato do longa-metragem. Apesar de ocuparem uma parcela menor do tempo de tela, as sequências de combate são imersivas e empolgantes, satisfazendo o espectador fã de filmes como ‘Top Gun: Ases Indomáveis’ e ‘Questão de Honra’.

O que torna ‘Irmãos de Honra’ um título relevante?

Embora seu desenvolvimento possa evocar comparações com filmes mais recentes como ‘Pearl Harbor’, ‘Irmãos de Honra’ permite ao público se aprofundar em uma versão de eventos raramente relatada. O valor do longa reside não apenas nas cenas aéreas emocionantes, mas, principalmente, no testemunho de uma história que desafia a narrativa convencional de heróis de guerra.

Comentários do Facebook