Dorama de comédia romântica é PERFEITO para quem amou Tudo Bem Não ser Normal!

Dorama de comédia romântica que aborda temas de saúde mental com sensibilidade e profundidade.

Dorama é uma jóia da comédia romântica

Para os amantes de doramas que se encantaram com “Tudo Bem Não ser Normal”, há outra joia da comédia romântica que merece atenção: “It’s Okay, That’s Love”. Este dorama sul-coreano, lançado em 2014, é uma mistura cativante de romance, drama e comédia, envolvendo personagens complexos e uma narrativa que aborda temas de saúde mental com sensibilidade e profundidade.

A série, composta por 16 episódios, foi exibida pela SBS e rapidamente se tornou um favorito entre os fãs do gênero. Agora, disponível no Viki, “It’s Okay, That’s Love” se destaca por sua abordagem única dos desafios psicológicos enfrentados pelos personagens, oferecendo uma perspectiva refrescante e realista que cativa e emociona.

Dorama de comédia romântica é PERFEITO para quem amou Tudo Bem Não ser Normal!
Imagem: Divulgação/Viki

Leia mais:

Dorama médico com drama INTENSO vai sacudir suas emoções!

Twisted Metal: série baseada em franquia de games é renovada para a 2ª temporada!

Trama mostra relação de escritor e psiquiatra

A trama gira em torno de Jang Jae Yeol, um escritor e DJ boêmio, interpretado por Zo In Sung, e Ji Hae Soo, uma psiquiatra dedicada e empática, vivida por Gong Hyo Jin. A relação entre eles começa com um desentendimento público, evoluindo para uma convivência forçada e, eventualmente, um romance inesperado.

O dorama explora a dinâmica entre esses dois personagens principais, ambos lidando com seus próprios traumas e desafios psicológicos, de uma maneira que é ao mesmo tempo tocante e realista. “It’s Okay, That’s Love” é uma jornada emocional que desafia as convenções, oferecendo uma visão honesta e aberta sobre saúde mental, amor e aceitação.

O que realmente faz “It’s Okay, That’s Love” brilhar são seus personagens bem desenvolvidos e as relações complexas entre eles. Jang Jae Yeol, com seu charme e complexidade, e Ji Hae Soo, com sua força e vulnerabilidade, são personagens que permanecem com o espectador muito tempo após o término da série.

Suas jornadas individuais e como casal são exploradas com uma profundidade raramente vista em doramas, tornando-os incrivelmente reais e relacionáveis. A série também apresenta personagens secundários memoráveis, cada um com sua própria história e lutas, contribuindo para a riqueza da narrativa.

Temas de saúde mental e impacto emocional

“D-Day” se destaca por sua abordagem sensível e informada de temas relacionados à saúde mental. A série não apenas retrata as condições psicológicas de forma realista, mas também trabalha para desestigmatizar doenças mentais. Através de seus personagens, o dorama mostra que todos têm suas lutas e que a empatia e o entendimento são fundamentais. O impacto emocional de “It’s Okay, That’s Love” é profundo, oferecendo momentos de alegria, tristeza, e tudo mais que está entre eles, mantendo os espectadores engajados e reflexivos.

Imagem: Divulgação/Viki