Diretor de Cruella irá comandar filme da DC e deixa recado importante

0

Supergirl: a nova face da DC nos cinemas sob a direção de Craig Gillespie

Em uma reviravolta emocionante para os fãs da DC Comics, o DC Studios oficializou Craig Gillespie, conhecido por sua direção em “Cruella“, para trazer a Supergirl de volta às telonas no filme “Supergirl: Mulher do Amanhã”. Prometendo uma aventura épica, o projeto marca o retorno da heroína ao cinema após mais de quatro décadas de espera.

Millie Alcock, aclamada por sua atuação em “A Casa do Dragão”, é quem dará vida à Kara Zor-El, a protagonista cuja trajetória pretende capturar a essência da história original dos quadrinhos criada por Tom King e Bilquis Evely. Diferente do Superman, sua narrativa explora suas origens kryptonianas e os desafios únicos que enfrenta ao tentar se estabelecer como uma heroína na Terra.

filme
Imagem: reprodução/ Geekfyme

LEIA MAIS:

O que é DORAMA? Guia completo e TOP 20 mais populares entre os dorameiros

Dorama da Netflix se baseia na história da herdeira da Samsung

O que torna o filme “Supergirl: Mulher do Amanhã” diferente?

De acordo com declarações de James Gunn, o filme não apenas retrata a jornada heroica de Supergirl, mas também faz uma distinção clara entre as experiências de Kara Zor-El e as de seu primo, Superman. Crescendo em circunstâncias dramaticamente diferentes, a narrativa de Supergirl oferece uma perspectiva única sobre o que significa ser um herói.

O enredo gira em torno de Supergirl e a ajuda que ela proporciona a uma jovem alienígena em busca de vingança, uma jornada que promete oferecer não apenas ação, mas também profundas reflexões sobre vingança, justiça e heróis.

Quem está por trás do projeto?

Ambientado no recém-formatado Universo Cinematográfico da DC (DCU), “Supergirl: Mulher do Amanhã” se beneficia da visão e experiência de Craig Gillespie. Seu histórico inclui filmes notáveis como “Eu, Tonya” e “A Garota Ideal”, ambos aclamados pela crítica e público por sua originalidade e abordagem inovadora.

Por que Craig Gillespie é a escolha perfeita para dirigir Supergirl?

Gillespie traz uma habilidade única em contar histórias complexas com nuances emocionais, o que é essencial para trazer à vida a complexidade de Kara Zor-El. Seu estilo singular de direção, combinado com a capacidade de explorar profundamente os personagens, indica que “Supergirl: Mulher do Amanhã” é um projeto que excederá as expectativas e entregará uma narrativa significativa e envolvente para os fãs da DC.

O roteiro, escrito por Ana Nogueira, também indica uma abordagem fresca e empolgante para a história da Supergirl, prometendo uma adição valiosa ao cánone da DC no cinema. Com a equipe criativa estabelecida e uma protagonista promissora, o filme está posicionado para ser um marco no novo DCU.

Embora “Supergirl: Mulher do Amanhã” ainda não tenha uma data de lançamento oficial, a expectativa em torno do projeto continua a crescer. Com a promessa de uma abordagem inovadora e uma perspectiva única sobre uma heroína adorada, o filme tem potencial para ser uma nova referência no gênero de super-heróis.

filme
Imagem: reprodução/ Fora do Plástico