The Last of Us: Sétimo episódio trouxe beijo gay e final trágico de personagem

Veja detalhes sobre o beijo e final no sétimo episódio de The Last of Us

O último episódio de The Last of Us, intitulado “Left Behind”, pode ser o mais reverente ao jogo até agora, como este flashback de quando Ellie (Bella Ramsey) foi mordida enquanto explorava um shopping abandonado com sua melhor amiga Riley (Storm Reid) é quase uma releitura direta dos eventos do DLC Left Behind para o jogo. 

“Left Behind”, que foi escrito por Neil Druckmann, o co-criador do jogo e do show, revela os dois melhores amigos avaliando para onde sua amizade vai daqui, já que Riley deixou a zona de quarentena de Boston para se juntar aos Vagalumes, um grupo rebelde que vem causando estragos na Zona de Quarentena. 

O episódio de uma hora é um dos mais emocionantes da série, nos afastando da dinâmica Joel e Ellie e nos mostrando o que pode ser o momento mais importante da vida de Ellie, não apenas porque ela descobre que é imune à infecção, mas também porque ela passa a abraçar uma parte de si mesma que aparentemente estava escondendo de sua melhor amiga.

O beijo entre Ellie e Riley em The Last of Us

Em entrevista do Collider com Storm Reid, a atriz de Riley, Reid fala um pouco sobre sua parceira de cena Bella Ramsey: “Sim, ela é brilhante” e continuou a dizer “Eu acho é apenas inata nela ser extremamente talentosa. E estou honrada por ter compartilhado a tela com ela. Completamente honrada.”

Considerando a semelhança entre The Last of Us: Left Behind e a série, Reid foi questionada sobre a conversa de “duas opções” no episódio, e pegando o material de origem e tornando-o seu. Reid respondeu:

“Sim, eu sei que essa cena é algo que as pessoas amam, e isso é de partir o coração, e que as pessoas falam no Twitter o dia todo, todos os dias. Então, é claro, queríamos fazer justiça a essa cena e não queríamos alterá-la de forma alguma. Mas foi emocionante, e acho que tínhamos que nos respeitar e respeitar as emoções um do outro, e ouvir um ao outro. 

Eu acho que essa cena foi grande de ouvir. Foi lindo, foi de partir o coração, e essa foi uma das – embora seja uma das últimas cenas do episódio – foi uma das últimas cenas que filmamos. Então foi muito emocionante. Ficamos tristes em nos separar. Eu estava prestes a deixar o Canadá, mas foi uma ótima experiência poder compartilhar esse momento com Bella.”

Mas a maior questão em torno de Riley pode ser o que teria acontecido se ela e Ellie tivessem conseguido escapar do shopping juntas e continuar suas vidas. Quando questionado sobre o que teria acontecido se Riley não tivesse sido mordido no shopping, Reid disse:

“Eu acho que eles teriam sido as melhores amigas, qualquer que fosse o relacionamento delas – não sabemos – mas acho que Riley teria estado ao lado de Ellie, e a teria protegido. Eu queria fazer essa jornada para salvar uns aos outros. E eu odeio que acabou. Eu odeio que tenha terminado tão cedo.”

Enquanto Riley e Ellie nunca chegaram a ver onde sua história teria ido se elas estivessem juntas, a memória de Riley certamente nunca deixou Ellie. 

Novos episódios de The Last of Us estreiam aos domingos na HBO e HBO Max às 23h00.