Siga-nos também em

Games

Destiny 2 | Bungie trabalha em servidores mais robustos usando uma tecnologia híbrida

A Bungie está fazendo altos investimentos no preparo de servidores otimizados para que Destiny 2 proporcione uma experiência mais dinâmica. Entenda.
A produtora está fazendo altos investimentos no preparo de servidores otimizados para o novo game

 

Parece que o receio dos fãs em Destiny 2 não ter um servidor dedicado vai chegar ao fim. De acordo com informações da própria Bungie, produtora da franquia, o novo game está recebendo um tratamento muito especial em se tratando de servidores.

A Bungie vem investindo pesado em uma tecnologia híbrida de protocolos P2P que potencializa o desempenho dos servidores da empresa, dando maior fluidez e tempo de resposta. A nova infra-estrutura usará o cliente-servidor híbrido, já utilizado em Destiny, em conjunto com servidores na nuvem, tendo estes uma conexão direta aos comandos e toda a jogabilidade do game, não importando em qual lugar o jogador esteja.

O que a produtora está tentando fazer é nada mais nada menos que um modelo de servidor responsivo, o qual permitirá uma experiência mais fluida, competitiva e igualitária, dando ao game o mesmo tempo de resposta a todos os jogadores espalhados pelo mundo.

Mesmo com a promessa de servidores mais robustos, a Bungie não garante que este será o fim de bugs e falhas na comunicação do game com os servidores, mas sim uma certeza que tais problemas serão minimizados ao máximo.

 

Confira um pouco do gameplay de Destiny 2:

 

[arve url=”https://youtu.be/kmFGetMZi6s” align=”center” maxwidth=”650″ /]

 

Além das melhorias na jogabilidade online de Destiny 2, a Bungie também está trabalhando para intensificar a segurança nos servidores contra ações de trapaceiros, o que é mais expressivo na versão para PC. A produtora avisa que trapaceiros em Destiny 2 terão “uma vida curta e terrível”. Será que isso quer dizer que os banimentos serão irreversíveis?

 

Destiny 2 tem lançamento programado para o dia 8 de setembro deste ano, chegando primeiramente para PlayStation 4 e Xbox One e posteriormente para PC.

 

 

Comentários via Facebook

Publicitário, cosplayer, gamer, otaku, viciado em séries e colecionador de action figures. Um mix de tudo o que um verdadeiro geek pode ser. Vivendo a vida intensamente a cada segundo, mantendo-se sempre antenado nas novidades desse incrível e expansivo universo. Um pernambucano de nascimento e paulista de coração.

Mais lidas