Descubra o amor em séries asiáticas LGBTQIAP+

0

A representatividade LGBTQIAP+ na mídia vem crescendo nos últimos anos, e isso inclui os dramas asiáticos. Cada vez mais, vemos séries que apresentam personagens LGBTQIAP+ de forma complexa e multidimensional, indo além de estereótipos.

Descubra o amor em séries asiáticas LGBTQ+
Imagem: Divulgação

Leia mais:

Descubra os 2 Doramas que Dominam o Top 5 da Netflix!

Descubra o dorama de romance médico que está dando o que falar na Netflix

K-Dramas:

  • Onde Está Meu Príncipe?: Uma comédia romântica sobre um homem que se apaixona pelo melhor amigo de sua irmã, que por acaso é gay.
  • My Dear Guardian: Um drama sobre um jovem que se torna o guardião de um menino órfão que é gay.
  • Color Rush: Um drama sobre um estudante do ensino médio que é daltônico e se apaixona por um menino que o ajuda a ver o mundo em cores.
  • To My Star: Um drama sobre um ator famoso que se apaixona por um chef.
  • Semantic Error: Um drama sobre dois estudantes universitários que se odeiam, mas logo percebem que têm mais em comum do que pensavam.

Outras séries asiáticas:

  • HIStory (Taiwan): Uma série de antologia que apresenta diferentes histórias de amor LGBTQIAP+.
  • We Best Love (Taiwan): Uma série sobre dois estudantes universitários que se apaixonam, mas se separam por causa de um mal-entendido.
  • Until We Meet Again (Tailândia): Um drama sobre dois homens que se apaixonam em diferentes vidas.
  • The Untamed (China): Um drama histórico sobre dois cultivadores que se unem para resolver um mistério.
  • Guardian (China): Um drama de fantasia sobre um professor universitário que se torna o guardião de um deus do submundo.

Essas são apenas algumas das muitas séries asiáticas que apresentam representatividade LGBTQIAP+. Com o aumento da visibilidade e da aceitação, podemos esperar ver ainda mais histórias LGBTQIAP+ na mídia asiática nos próximos anos.

Vale ressaltar que a representatividade LGBTQIAP+ nos dramas asiáticos ainda é um caminho a ser percorrido. Muitas vezes, os personagens LGBTQIAP+ são relegados a papeis secundários ou estereotipados. No entanto, as séries mencionadas acima são exemplos de que a indústria está começando a mudar.