Siga-nos também em

Games

Death Stranding | Game coleciona críticas positivas antes do lançamento

Death Stranding | Game coleciona críticas positivas antes do lançamento

Death Stranding foi muito bem recebido pela crítica especializada

 

Com o término do período de embargo de Death Stranding chegou a hora de sabermos as avaliações do novo título da Kojima Productions. Aparentemente o game não deixou a desejar e conseguiu arrematar notas significantemente altas nas suas avaliações.

Com parte do orçamento destinado a grandes nomes da TV e cinema, como Norman Reedus (The Walking Dead) e Léa Seydoux (Azul é a Cor Mais Quente), e com a benção do diretor oscarizado Guilhermo del Toro (A Forma da Água), era de se esperar que Hideo Kojima novamente superase as expectativas.

 

 

O game foge um pouco do padrão convencional, com uma premissa um tanto inovadora. O jogador é apresentado a Sam, um entregador em um futuro pós-apocalíptico onde o planeta é assolado por fantasmas e chuvas que envelhecem o que tocam. Confira abaixo algumas da notas recebidas por Death Stranding até o momento:

 

  • OpenCritic – 86/100
  • Metacritic – 84/100
  • VG247 – 3/5
  • Eurogamer – Recommended
  • USgamer – 3.5/5
  • IGN – 6.8/10
  • GameSpot – 9/10
  • Game Informer – 7/10
  • VGC – 3/5
  • Shack News – 9/10
  • PlayStation LifeStyle – 9.5/10
  • Destructoid – 8/10
  • Push Square – 10/10
  • Trusted Reviews – 10/10
  • Easy Allies – 8/10

 

Em tempo, Death Stranding será lançado no dia 8 de novembro desta ano como um exclusivo do PlayStation 4. Aliás, a pré-venda já está disponível na PS Store Brasileira.

Vale lembrar que recentemente um trailer com mais detalhes do gameplay foi lançado durante a Tokyo Game Show 2019. No entanto, o próprio Hideo Kojima não recomenda vê-lo para evitar spoilers.

 

E aí, ansiosos para pôr as mãos no novo game do aclamado diretor Hideo Kojima? Não deixem de comentar aqui embaixo e compartilhar a notícia. Até a próxima!

 

Comentários via Facebook

Tatuagens e jogos eletrônicos. Duas palavras definem perfeitamente este carioca que, por sinal, não faz a menor ideia de como escrever a própria bio. Um menino metodicamente organizado, prefere o aconchego do sofá e uma boa série a uma noitada com os amigos (mas não recusa o convite). O típico garoto gordinho e viciado em vídeo game que cresceu e se tornou um adulto nerd (ainda gordinho, por sinal).Voar, hospitais e quartos escuros são seus três grandes medos. Às vezes ele os enfrenta, às vezes não (se for um quarto escuro NO hospital, pode esquecer). Faz uso excessivo dos parênteses, pois adora expressar sua opinião sobre as coisas. Afinal, quem não?

Mais lidas