Artista de HQ prelúdio de The Flash nega cancelamento

Após o suposto cancelamento de The Flash: Faster Man Alive‎‎, Juan Ferreyra nega que HQ não será lançada

0

Como você viu aqui, foi noticiado que a DC Comics teria cancelado o lançamento de The Flash: Faster Man Alive. O novo quadrinho seria o prelúdio do novo filme do herói, e explicaria o enredo de The Flash.

Segundo rumores, o motivo do cancelamento seria as polêmicas envolvendo Ezra Miller. Após a prisão do ator no Hawaii, a Warner decidiu pausar todas as produções que envolvem o herói do DCEU. No entanto, Juan Ferreyra, que é o desenhista da minissérie, negou que o título não será mais lançado.

The Flash Faster Man Alive ainda deve ser publicada
Imagem: Divulgação DC Comics

 

Em sua conta no Twitter, Ferreyra comentou sobre o fato, e confirmou que não houve cancelamento. A HQ que seria lançada em 26 de abril, foi na verdade adiada, veja abaixo:

“Não, (a minissérie) será impressa ainda neste ano, então não haverá uma lacuna tão grande entre a HQ e o filme.”

A informação do cancelamento tinha sido publicada pelo site Bleeding Cool. O motivo teria sido a resolução dos executivos da Warner, que pediram a paralisação de todos os projetos que tenham relação com The Flash. A notícia realmente fazia sentido, uma vez que até o próprio filme do herói tinha sido adiado, e em seguida suas gravações foram interrompidas.

The Flash, seria o primeiro longa solo do Velocista  Escarlate, e chegaria aos cinemas em novembro desse ano. No entanto, a produção foi adiada para junho de 2023. Apesar do adiamento ter sido anunciado antes da prisão de Miller, surgiram rumores que ele estaria causando problemas durante as gravações do longa.

Caso a informação de Juan Ferreyra se confirme, The Flash: Faster Man Alive deve ser lançada ao final de 2022.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre filmesséries e muito mais!
Imagem: Uol

Comentários do Facebook