Adeus ao cinema: 6 franquias que encerraram devido a fracassos de bilheteria!

Resultado impactou diretamente a continuidade das franquias; Confira

Franquias tiveram um fim prematuro

No mundo do cinema, o sucesso de bilheteria é muitas vezes o fator decisivo para a continuidade de uma franquia. Enquanto alguns filmes se tornam sucessos estrondosos, outros não têm a mesma sorte, levando ao fim prematuro de suas respectivas séries, deixando os fãs abandonados.

Vamos explorar seis franquias de filmes que, infelizmente, chegaram ao fim devido a desempenhos decepcionantes nas bilheterias, marcando um adeus inesperado ao mundo do cinema.

Adeus ao cinema 6 franquias que encerraram devido a fracassos de bilheteria!
Imagem: Reprodução/IMDB

Leia mais:

De tirar o fôlego: filmaço de suspense com Kristen Stewart vai te deixar colado no sofá!

Saiba quais são os MELHORES doramas para ver AGORA na Netflix!

Divergente

A série “Divergente”, baseada nos livros de Veronica Roth, começou com grande potencial, mas viu seu ímpeto diminuir rapidamente. Após um início promissor, a franquia sofreu uma queda significativa de receita e interesse do público, culminando em um terceiro filme que não conseguiu capturar a magia dos anteriores. O planejado quarto filme nunca chegou a ser produzido, deixando a história inacabada e os fãs desapontados.

O Exterminador do Futuro

“O Exterminador do Futuro” é outra franquia que enfrentou um destino semelhante. Apesar de ter começado com dois filmes icônicos, dirigidos por James Cameron, as sequências subsequentes não conseguiram manter o mesmo nível de sucesso. “Exterminador do Futuro: Gênesis” e “Exterminador do Futuro: Destino Sombrio” tiveram desempenhos fracos de bilheteria, levando ao fim da série.

Tron

Tron“, uma franquia pioneira em efeitos visuais, também encontrou seu fim após um retorno decepcionante. “Tron: O Legado”, apesar de sua estética visual inovadora e trilha sonora aclamada, não conseguiu capturar a atenção do público como esperado, resultando no cancelamento de futuras sequências.

O Legado Bourne

A franquia “Bourne”, após a saída de Matt Damon, tentou continuar com “O Legado Bourne”, estrelado por Jeremy Renner. No entanto, o filme não conseguiu alcançar o sucesso de seus predecessores, levando a um retorno de Damon na sequência, mas sem sucesso suficiente para revitalizar a franquia.

King Arthur: Legend of the Sword

“King Arthur: Legend of the Sword” foi uma tentativa de reiniciar a lenda de Arthur em uma nova franquia. No entanto, o filme dirigido por Guy Ritchie não conseguiu atrair o público, resultando em perdas significativas e o cancelamento de futuros filmes planejados.

Robin Hood

A mais recente adaptação de “Robin Hood”, estrelada por Taron Egerton e Jamie Foxx, também não conseguiu impressionar nas bilheterias. Apesar de uma nova abordagem à história clássica, o filme não atraiu espectadores suficientes, encerrando a possibilidade de futuras sequências.

Essas seis franquias são exemplos de como o sucesso nas bilheterias é vital para a sobrevivência de séries de filmes. Elas nos lembram que, no competitivo mundo do cinema, nem sempre uma grande ideia ou um início promissor garantem o sucesso a longo prazo.

Imagem: Reprodução/IMDB