A origem e ascensão dos games “Hack and Slash”

Você já ouviu falar de jogos de Hack and Slash? Sabe aqueles jogos em que você controla um personagem que sai cortando tudo o que vê pela frente? Lendo isso, pode parecer aqueles jogos mobile de corte rápido de frutas, mas na verdade essa é a definição básica desse gênero que tem uma história muito interessante. A origem do termo vem do inglês, “hack” que significa cortar, e “slash” que significa cortar em movimento.

Nos anos 80, quando não havia ainda os eSports, os grandes eventos e nem a possibilidade de assisti-los ou fazer jogos de aposta nas partidas, o Hack and Slash já dava os seus primeiros passos no mundo dos games. Com títulos de muito sucesso como “Gauntlet” e “Golden Axe”, esses jogos apresentavam mecânicas simples, com uma jogabilidade voltada para o combate corpo a corpo, e um grande número de inimigos para serem derrotados. Além disso, eles tinham uma estética fantástica, com personagens míticos e mundos de fantasia.

Nos anos 90, os jogos Hack and Slash começaram a se tornar mais populares, com o lançamento de títulos importantes como “Streets of Rage” e “Final Fight”. Esses games ainda apresentavam gráficos 2D e jogabilidade simples, mas eram muito divertidos e desafiadores. Além disso, traziam personagens muito marcantes e inimigos que davam muito trabalho para serem vencidos.

Anos 2000 e a revolução nos games do gênero

A década de 2000 foi simplesmente incrível para os jogos Hack and Slash, que tiveram uma evolução impressionante. Os jogos ficaram ainda mais frenéticos, desafiadores e divertidos. Nessa década, surgiram títulos como “Ninja Gaiden”, “God of War” e “Devil May Cry 3”, que elevaram o gênero a um novo patamar. A gameplay introduziu combos ainda mais complexos e movimentos especiais que tornaram a jogabilidade e a experiência muito mais interessantes.

Além disso, alguns jogos começaram a ser misturados com outros gêneros, como RPGs de ação. Um exemplo disso é o “Diablo II”, que adicionava elementos de RPG ao combate frenético. O início dos anos 2000 foi muito importante para o gênero. Os jogos ficaram mais populares, mais acessíveis e mais divertidos. E hoje em dia, ainda vemos a influência deles na indústria de games como um todo.

Os jogos Hack and Slash mais vendidos de todos os tempos

Com toda essa história, você deve estar curioso para saber quais são os games desse gênero que conseguiram atingir o maior número de vendas em todos os tempos, não é? Pode ficar tranquilo que a gente te conta. Os games são esses:

God of War III

games

Em primeiro lugar, temos o “God of War III”, que foi lançado em 2010 e vendeu mais de sete milhões de cópias em todo o mundo. Esse jogo é considerado um dos melhores da franquia, com uma jogabilidade incrível e um enredo emocionante. Um desfecho a altura de uma das trilogias mais memoráveis da história dos games.

Devil May Cry 5

O quinto jogo da franquia Devil May Cry foi lançado em 2019, e vendeu mais de seis milhões de cópias em todo o mundo. Esse game é uma verdadeira obra-prima, com gráficos impressionantes e uma jogabilidade impecável. A série também aparece em slots iguais aos de jogos online de cassino Sportingbet, versões mobile e mais.

Bayonetta

Na terceira colocação, está o game com uma das personagens mais icônicas de todos os tempos. Esse título vendeu mais de dois milhões de cópias em todo o mundo graças a sua ótima gameplay e combates verdadeiramente insanos.

Ninja Gaiden II

Mesmo sendo um dos games mais difíceis de se jogar de toda a história, Ninja Gaiden II conseguiu angariar um número absurdo de fãs. Por isso, se tornou o quarto jogo mais vendido do gênero, superando a marca de um milhão de cópias.