7 filmes de terror que redefiniram o gênero e mudaram a história do cinema

0

O cinema de terror, em constante evolução, nos presenteia com histórias que nos arrepiam, nos fazem refletir e, acima de tudo, nos marcam para sempre. Entre tantos filmes que já foram feitos, alguns se destacaram por sua ousadia, originalidade e capacidade de redefinir o gênero, influenciando gerações de cineastas e fãs.

Neste post, embarcamos em uma jornada aterrorizante para explorar 7 obras-primas que revolucionaram o terror e mudaram a história do cinema. Prepare-se para conhecer filmes que desafiaram as expectativas do público, introduziram novas técnicas e conceitos, e garantiram sustos inesquecíveis!

Leia mais:

Interestelar: 10 anos depois, descubra segredos que você nunca imaginou!

Rebel Moon: Zack Snyder promete versões +18 dos filmes

7 filmes de terror que redefiniram o gênero e mudaram a história do cinema

A Noite dos Mortos Vivos (1968)

Antes de “A Noite dos Mortos Vivos”, os zumbis eram retratados como criaturas lentas e controladas por seus mestres. Mas George A. Romero subverteu completamente essa ideia, apresentando mortos-vivos famintos, brutais e autônomos. O filme se tornou um marco no gênero e influenciou incontáveis produções posteriores, consolidando a imagem dos zumbis como conhecemos hoje.

trecobox.com.br 7 filmes de terror que redefiniram o genero e mudaram a historia do cinema a noite dos mortos vivos
Imagem: Reprodução/Image Ten Productions

Extermínio (2002)

Danny Boyle reinventou a fórmula dos filmes de zumbi com “Extermínio”. Ao invés de mortos-vivos lentos e desajeitados, o diretor apresentou criaturas rápidas, ágeis e implacáveis, tornando a experiência ainda mais assustadora e eletrizante. O filme também explorou temas como a fragilidade da vida humana e a importância da cooperação em situações extremas.

trecobox.com.br 7 filmes de terror que redefiniram o genero e mudaram a historia do cinema exterminio 2002
Imagem: Reprodução

Psicose (1960)

“Psicose” não se limitou a revolucionar o terror, mas sim o cinema como um todo. Alfred Hitchcock desafiou as convenções da época ao lançar o filme sem sessões de pré-estreia e barrar a entrada de espectadores após o início da exibição, tudo para proteger o surpreendente final. A trama complexa, a trilha sonora marcante e a atuação magistral de Anthony Perkins consolidaram “Psicose” como um clássico atemporal.

suspence
Imagem: Rolling Stone – UOL

Carrie, a Estranha (1976)

“Carrie, a Estranha” popularizou a estratégia de deixar o maior susto do filme para a cena final. Brian De Palma adaptou o livro de Stephen King e chocou o público com a icônica cena em que a mão de Carrie emerge do túmulo e agarra uma sobrevivente. A utilização de efeitos especiais práticos e a atuação impecável de Sissy Spacek garantiram um impacto duradouro na memória dos espectadores.

trecobox.com.br 7 filmes de terror que redefiniram o genero e mudaram a historia do cinema carrie a estranha
Imagem: Divulgação/United Artists

A Bruxa de Blair (1999)

“A Bruxa de Blair” foi um divisor de águas no subgênero “found footage”, utilizando técnicas de filmagem amadora e uma narrativa pseudo-documental para criar uma atmosfera de terror realista e imersiva. O filme se tornou um fenômeno viral antes mesmo da era das redes sociais, angariando milhões de dólares com um orçamento mínimo e consolidando o “found footage” como uma forma eficaz de contar histórias assustadoras.

trecobox.com.br 7 filmes de terror que redefiniram o genero e mudaram a historia do cinema a bruxa de blair
Imagem: Reprodução

Hellraiser: Renascido do Inferno (1987)

“Hellraiser: Renascido do Inferno” desafiou as expectativas do público ao apresentar um protagonista detestável e um “monstro” carismático. A trama gira em torno de Frank, um homem que busca prazeres sádicos e acaba abrindo um portal para o inferno, invocando os Cenobitas liderados por Pinhead. A caracterização única dos Cenobitas, a trilha sonora perturbadora e a exploração de temas como dor e prazer tornaram “Hellraiser” um clássico cult.

Hellraiser 1987
(Imagem: Revista Galileu)

Jogos Mortais X (2010)

Enquanto a franquia “Jogos Mortais” conquistou o público com seus jogos sádicos e reviravoltas chocantes, “Jogos Mortais X” ousou ir além. O filme apresentou John Kramer, o infame Jigsaw, sob uma nova luz, forçando o espectador a questionar se ele é realmente um vilão. A trama também inverte o clichê do “bem contra o mal” ao transformar a Dra. Cecilia Pederson, inicialmente vítima de Jigsaw, em uma figura tão assustadora quanto o próprio protagonista. Essa quebra de expectativa e a complexidade moral dos personagens tornaram “Jogos Mortais X” um marco na saga.

filmes

Os filmes de terror selecionados acima são apenas alguns exemplos de obras que revolucionaram o gênero. Cada um deles, à sua maneira, quebrou barreiras, introduziu conceitos inovadores e deixou um legado duradouro. O terror é um gênero que constantemente se reinventa, buscando novas formas de nos assustar e nos fazer refletir sobre temas sociais, psicológicos e filosóficos.