Conectar-se com

Curiosidades

X-Men Day | Data celebra toda a saga dos mutantes no cinema

Publicado

Em

X-Men Day | Data celebra toda a saga dos mutantes no cinema

 

Um legado de quase duas décadas que, entre altos e baixos, deixará saudades!

 

Foi divulgado nesta segunda (13) o trailer de X-Men: Fênix Negra em celebração do X-Men Day. Então, nada mais justo que relembrar um pouco de sua jornada nos cinemas. Primeiramente, o filme que mostrou a que veio os anos 2000, o título X-Men dirigido e escrito por Bryan Singer.

O longa X-Men marcará em agosto 19 anos de legado. Sobretudo, um filme de origem corajoso dos mutantes, onde uma nova era de filmes surgia conquistando o público. O título possuía um elenco forte, formado por Patrick Stewart, Halle Barry, Ian Mckellen e Hugh Jackman. Outro fator grandioso que o destacava na época eram os efeitos especiais, mesmo realizados em um filme de baixo orçamento. Posteriormente, veio sua continuação, intitulada X-Men 2 e X-Men: O Confronto final, que criou mais expectativas sobre o arco da Fênix Negra.

Além disso, uma curiosidade é que um dos escritores de X-Men 2 é David Hayter, famoso por dublar Solid Snake na franquia Metal Gear Solid.

 

X-Men Day | Data celebra toda a saga dos mutantes no cinema

Elenco clássico dos X-Men no cinema.

 

Posteriormente, surgiu o grande sucesso dos filmes produzidos pela Marvel. Porém, antes disso, somente o estúdio Fox brincava de super-herói, dividindo as atenções com a Sony, que adaptava o Homem-Aranha. Ainda assim, havia a exclusividade dos personagens. Portanto, esse acaba sendo um dos motivos pelos quais o escudo do Capitão América no MCU é feito apenas de vibranium. Sendo assim, a liga metálica conhecida como adamantium não podia nem sequer ser citada nos filmes produzidos pela Marvel Studios. Sobretudo, nem os X-Men ou quaisquer mutantes poderiam ser citados, algo que com a fusão dos estúdios irá mudar muito em breve.

Entre erros e acertos com os mutantes no cinema

De fato, para sua época os primeiros títulos dos X-Men não eram o ápice da realização de super-heróis para o cinema, mas um início e indício de que era possível realizar bons filmes baseados em quadrinhos. Mas nem tudo são flores. A Fênix Negra surge no controverso filme intitulado X-Men: O Confronto Final, que divide opiniões entre os fãs até hoje por eliminar personagens que voltariam posteriormente em outros filmes sem nenhuma explicação plausível.

 

X-Men Day | Data celebra toda a saga dos mutantes no cinema

Famke Janssen, primeira Fênix Negra do estúdio Fox em X-Men: O Confronto Final.

 

Nessas quase duas décadas, os X-Men encontraram acertos e tropeços. Principalmente com os títulos solos de Wolverine até 2013, que acabaram declinando. Além do que muitos títulos eram desconexos entre si, mudando os acontecimentos anteriormente vistos nos primeiros filmes, sendo repaginados em X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (2014), também dirigido por Bryan Singer. Porém, mesmo ao final deste ciclo, tivemos momentos que sempre serão lembrados com carinho pelos fãs.

Certamente, tal ciclo caminhava para muitas mudanças estruturais em roteiro, continuidade e elenco. Então, em 2011, o título X-Men: Primeira Classe recuperou um pouco do fôlego ao estúdio. Isto é, despertaram a curiosidade de como seriam adaptados os jovens Magneto e Charles Xavier. O resultado? Um grande acerto. Embora faltasse muito para entregar algo como os primeiros filmes produzidos pela Marvel vinham fazendo.

As despedidas que buscam deixar um valioso legado

Surpreendentemente, até um improvável personagem ganhava uma crescente atenção, sendo interpretado por Ryan Reynolds. Sobretudo, pela sua dedicação para se tornar o mais fiel Deadpool, apagando de vez sua atuação em X-Men Origens: Wolverine (2009) e ganhando a admiração dos fãs pela fidelidade na personalidade do personagem. Entretanto, a comemoração não é algo tão presente com os mutantes. A entrega do controverso título X-Men: Apocalipse (2016) mais uma vez causa polêmica por ser desconexo.

 

X-Men Day | Data celebra toda a saga dos mutantes no cinema

Dafne Keen e Hugh Jackman.

 

Inegavelmente, o título Logan (2017) é uma das melhores obras do estúdio, sendo escrito e dirigido por James Mangold. Isso por trazer um Wolverine mais humano, com fortes impactos dramáticos de consequências graves impostas em sua narrativa. Primeiramente, o sentimento de perda, solidão e a raiva contida, com a grande atuação de Hugh Jackman e Dafne Keen. Logo, esse é um dos mais grandiosos filmes baseados em quadrinhos, feito até hoje, e um encerramento digno para um personagem tão querido.Vale conferir o filme, caso ainda não tenha visto!

 

X-Men Day | Data celebra toda a saga dos mutantes no cinema

Sophie Turner, famosa também por interpretar Sansa em Game of Thrones.

 

Por fim, o último arco desses mutantes chegará aos cinemas a partir de 6 de junho e você pode conferir o último trailer de X-Men: Fênix Negra aqui. Porém, não ficaremos órfãos durante muito tempo, não é mesmo?

 

Curtiu a notícia? Não deixe de comentar conosco e até mais, amigos trecoboxers!

 

Comentários via Facebook

Residente de Araçatuba, interior de São Paulo. Um amante de jogos, principalmente se tratando da série Street Fighter. Acompanha séries, cinema e animes cheios de carisma e uma boa narrativa. Leva a vida como Rocky Balboa o ensinou: "Um passo de cada vez, um soco de cada vez, um round de cada vez".

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mais lidas

Copyright © Trecobox 2019 desenvolvido por: VISUALS