Conectar-se com

Séries

Servo do Reino | Como Varys pode tirar Daenerys do trono e pôr Jon Snow?

Publicado

Em

Servo do Reino | Como Varys pode tirar Daenerys do trono e pôr Jon Snow?

 

O servo do Reino e suas artimanhas na manipulação

 

Varys se define como um servo do Reino e não necessariamente de um rei. Por isso, mantém sempre um esquema para “puxar o tapete” de quem sente no trono e se torne uma ameaça. É comum, portanto, vê-lo envolvido em conspirações e traições para pôr um plano B em prática se preciso. Por estar no rol de personagens mais misteriosos da série, o Eunuco tem suas intenções questionadas. Estaria, de fato, interessado no benefício do Reino? Ou é apenas mais um buscando se manter no jogo dos tronos? Ele trairá Daenerys e ajudará Jon Snow a chegar ao Trono?

 

Servo do Reino | Como Varys pode tirar Daenerys do trono e pôr Jon Snow?

 

“Servir ao Reino” se parece muito mais com um sentimento “nacionalista” do que com um anseio democrático. É possível querer o bem do Reino sem entender a democracia como um caminho para isso. Mas, em se tratando de Varys, é pouco provável que defenda poder ilimitado para um rei. Talvez não busque necessariamente uma democracia, mas, ao menos, um instrumento de controle do poder real. Isso partindo da premissa de que esteja sendo sincero ao se dizer servo do Reino. Ainda é preciso saber que essa expressão comporta interpretações distintas. Servir ao Reino é servir ao povo e buscar seu bem estar? Ou é zelar pela manutenção da estrutura de Westeros, enquanto sete reinos unificados sob liderança da capital? Na última conversa com Tyrion citou Jon como alternativa para o Norte se manter subordinado ao trono de ferro.

Já é sabido que o Aranha teme pela sanidade de Daenerys Targaryen. Recentemente, a mãe de dragões tem se mostrado mais obstinada e irredutível. Enquanto isso, o Aranha busca moderação para um reinado justo. Talvez seja apenas um um instinto de preservação. Entretanto, ele sabe o risco que um rei com poder ilimitado representa para todos, afinal, conviveu com todos esses:

 

Varys e Aerys Targaryen

O mestre dos sussurros de Westeros (e Essos) foi testemunha das atrocidades de Aerys Targaryen, o Rei Louco. Ele serviu pessoalmente ao pai de Daenerys, assim sendo, viu o início de seu reinado ter paz e prosperidade. Entretanto, viu também o Rei perder sua sanidade depois de ser feito refém por um nobre rebelado. Diante disso, Aerys mergulhou em psicoses e passou a enxergar inimigos em todos os lugares.

Não somente a vida dos inimigos do Rei estava sob ameaça, mas de todas as pessoas de King’s Landing. Isso porque o último governante Targaryen pretendia simplesmente explodir a capital usando fogo vivo. O promissor monarca tornou-se um problema. Varys apoiou, então, a revolta de Robert Baratheon, mas poupou a vida dos Targaryens mais jovens, contrariando a Nobreza Westerosi. Não se sabe a verdadeira intenção do Eunuco, mas é fato que ele pretendia ter um herdeiro Targaryen como uma possível válvula de escape.

 

O servo do Reino e Robert Baratheon

Robert se tornou rei tendo sua dinastia ameaçada por crianças em outro continente. Ele não era louco nem sádico, mas também não era um bom rei. Seu desgoverno deixou a coroa afundada em dívidas e o Reino em risco. Em vez de governar, caçava, bebia e se divertia irresponsavelmente com prostitutas, gerando vários bastardos e nenhum herdeiro legítimo. Depois de sua morte, um novo caos se instaurou: a guerra dos cinco reis. Seus dois irmãos Stannis e Renly Baratheon disputavam o trono com seu filho ilegítimo Joffrey. Ao mesmo tempo, Robb Stark e Balon Greyjoy lutavam pela independência de Winterfell e das Ilhas de Ferro, respectivamente.

 

Joffrey e Tommen Baratheon/Lannister

Os dois filhos ilegítimos de Robert também assumiram, por curto período, o trono de ferro. O primeiro fruto do incesto entre Cersei e Jaime Lannister era sádico, inconsequente e autoritário. Sua decisão de decapitar Ned Stark foi a origem da rebelião nortenha em busca de independência. Por vezes, ninguém conseguia controlá-lo e o Reinado Lannister só se manteve de pé por conta de Tyrion e Twin.

O segundo bastardo de Jaime era um jovem doce e bom, porém facilmente doutrinável. Era alvo da disputa de quem o manipulava mais: sua mãe ou sua esposa Margaery Tyrrel. Até mesmo o alto pardal conseguiu dobrá-lo com seus argumentos religiosos. A total falta de autoridade e controle por parte de Tommen culminou na explosão do Sépto de Baelor e seu suicídio.

 

Do passado ao futuro: o que Varys pensa agora?

Nenhum dos reis que Varys viu governar fez jus ao poder sem limites que tinha. Seja loucura, irresponsabilidade, crueldade ou fraqueza, em todos eles havia um ponto a ser controlado. Todos, de certa forma, representavam um risco em maior ou menor grau. O mesmo vale pra Cersei que só aceita o poder ou a morte, mesmo que governe apenas cadáveres. Daenerys, a aposta atual, já deu indícios de que não aceita ter sua autoridade questionada. Servir ao Reino implica controlar os reis.

Cersei abriu as portas da Fortaleza Vermelha para a população. Dessa forma, se Daenerys atacar o castelo, matará inocentes. Varys conhece Cersei e sabe de sua capacidade de matar e seu desapego pelo povo. Porém, não diferente disso, Daenerys se mostrou capaz de fazer o mesmo para conquistar o Trono. No entanto, como Game of Thrones é cheia de Plot Twist, não podemos nos apegar só aos indícios mais óbvios. A saber, é possível que a Mãe de Dragões esteja blefando para testar a lealdade de seus conselheiros. Principalmente por saber da existência de outro herdeiro Targaryen.

 

Servo do Reino | Como Varys pode tirar Daenerys do trono e pôr Jon Snow?

 

As promessas e profecias envolvendo o Servo do Reino

Sabendo de todo o histórico do Mestre dos Sussuros, Daeneys fez Varys prometer que não a trairia ou seria queimado vivo. Ao contrário, se ele soubesse que ela prejudicaria o povo, deveria lhe chamar atenção. Foi justamente o que ele fez ao alertar sobre o risco que o povo correria com a invasão de King’s Landing. No que ela pareceu não se importar com os inocentes, ele logo citou a origem de Jon Snow. Recém informado sobre a ascendência Targaryen de Jon, Varys já traçou um plano C para substituir Cersei no trono de ferro.

Porém, vale lembrar que Melisandre profetizou um final para Varys: morrer em Westeros. Até aí tudo certo, afinal todos vão morrer e ela não disse a idade. Mas a Mulher Vermelha não foi o único sacerdote do Senhor da Luz a cruzar com o eunuco. Quando foi castrado por um feiticeiro, seu membro foi jogado no fogo, de onde saiu uma voz. Tempos depois, uma adoradora de R’hllor o lembrou o ocorrido, dando a entender que a voz era do Deus do Fogo. Varys logo assustou-se enquanto a sacerdotisa que o chamou de ajudante da escolhida do Senhor. Perguntou, ainda, se queria que repetisse o que a voz falou. Porém ele se calou apavorado.

 

Servo do Reino | Como Varys pode tirar Daenerys do trono e pôr Jon Snow?

 

Do fogo veio a voz e do fogo virá sua morte

A voz vinda do fogo poderia indicar que sua morte também viria do fogo? Certamente, não foi à toa que Varys soube da origem de Jon Snow. É grande a probabilidade de que ele traia Daenerys, contando ao povo a origem de Jon Snow. Ela, por mais que tenha nascido em Westeros, cresceu em outro continente e é vista como estrangeira. Snow, por sua vez, traz a fama de honrado, como Ned Stark. Ele foi patrulheiro, protegeu o Reino e é, portanto, alguém de casa.

Além disso, não é tão difícil convencer o povo a apoiar um homem em detrimento a uma mulher numa sociedade machista. Ainda mais quando Cercei já começou a plantar a semente da desconfiança em relação a Dany no povo. É bem provável que Varys continue esse trabalho e a Rainha Dragão descubra. Nesse caso, ela poderia cumprir sua promessa de queimar Varys. Entretanto, se isso acontecer, não vai cortar a discórdia plantada, ajudando Snow ascender ao poder, mesmo que ele não queira.

 

E você? Acredita que as intenções do Mestre dos Sussurros são boas? Ele seria capaz de matar Dany? Se quiser saber mais sobre Varys, clique aqui. E o trono vai ficar com Daenerys ou Jon Snow? Falta pouco para termos a resposta. Por isso, fique de olho na Trecobox que estaremos com vocês nessa reta final de Game of Thrones. Aproveite para dar uma olhada nas outras publicações sobre GoT. Até a próxima!

 

Comentários via Facebook

Uma pessoa que tenta harmonizar as várias coisas que ama. Formada em literaturas, a leitura é a paixão que logo salta. Em paralelo aos clássicos literários, veio o gosto pelo mundo dos super-heróis, mais especificamente das heroínas. Louca por músicas das décadas de 70 e 80 (obrigada, Guardiões da Galáxia!). Adora produzir e revisar textos. Protagonismo feminino é seu assunto preferido. No meio disso tudo, ainda é fã de maquiagem e está "engatinhando" na makeup artística para, no futuro, fazer cosplay.

Propaganda

Canal Trecobox |

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Facebook |

Propaganda

Mais lidas

Copyright © Trecobox 2019 desenvolvido por: VISUALS