Conectar-se com

Anime

Fim dos sites de animes no Brasil!? Entenda a polêmica

Publicado

Em

Fim dos sites de animes no Brasil!? Entenda a polêmica

 

Os sites de animes estão sendo descontinuados

 

Os sites de fansubs foram os responsáveis, durante um bom tempo, por trazer animes diretamente do Japão e reviver antigos clássicos. Tudo isso tem ocorrido nos últimos 20 anos e permitiu que os fãs de anime tivessem onde assistir suas obras preferidas.

No entanto, nos últimos tempos, precisamente 14 de maio de 2006, chegou a empresa Crunchyroll. Ela vem se especializando em trazer de forma oficial as animações japonesas que tanto amamos. Sendo assim, os animes são legendados e exibidos em seu catálogo com horas de diferença do território nipônico. Ou seja, quase que simultâneo.

 

Fim dos sites de animes no Brasil!? Entenda a polêmica

A Crunchyroll se tornou a gigante do streaming se tratando de animes.

 

Recentemente, sites especializados em disponibilizar animes gratuitamente vêm caindo um após o outro. Isso ocorre por duas razões principais: a licença que a Crunchyroll tem sobre sua exibição no Brasil e o fato de alguns desses sites usarem as imagens da própria Crunchyroll em seu conteúdo.

Antes de levantar os tridentes e tochas contra a Crunchyroll, vamos ver o ponto de vista dela. A empresa gasta milhões para trazer animes para o Brasil e ainda contrata estúdios para dublar os animes. Além disso, existem vários animes que conseguem continuação graças a esse serviço. Dois exemplos são Boku no Hero e Attack on Titan. Nessa temporada de inverno, Santia Sho é um dos exclusivos desse serviço de streaming.

Agora temos os fansubs e sites especializados em trazer animes a décadas. Por causa deles que serviços de streaming, como a Crunchyroll e Netflix, acharam um público pagante massivo e ansioso por esse tipo de conteúdo. Nem todos os sites caíram, ou seja, os que ainda sobrevivem estão ali por tomarem estratégias simples como não exibir os animes licenciados para a nossa região, como já acontecem com os que trazem HQs, fazendo sua própria legenda.

Não adianta ter raiva da Crunchyroll, Netflix, Amazon Prime ou qualquer outra empresa. Elas estão no direito e graças a elas que temos agora voz para expressar o quanto tal conteúdo é amado.

 

Seu fansub de animes favorito está fora do ar? Boicotar essas empresas não mudará a situação. Tudo que se pode fazer é se adaptar a essa situação e entender que animes são responsáveis por milhões de empregos. Quanto maior a indústria for, melhor para nós, que amamos tanto o que ela produz. Dessa forma teremos cada vez mais opções para consumir.

 

Anúncios

Comentários via Facebook

Cinéfilo, Detonador, Farmacêutico, Gamer, Nerd, Otaku e apaixonado por novidades deste mundo que não para de surpreender. Editor nas horas a vagas e amantes de animação de todos as etnias. Severino na maioria das vezes. "Estou aqui pra ajudar, se precisar é só chamar".

2 Comentarios

2 Comments

  1. X

    06/02/2019 em 23:30

    Que análise paiosa e tendenciosa eim

  2. Paulo Caetano

    08/03/2019 em 07:46

    Mermão essa análise está igual a esses sites que você citou aqui no Brasil, um verdadeiro lixo tendencioso. Toma vergonha na cara seu burguês sem vergonha.

Deixe uma resposta

Mais lidas

Copyright © Trecobox 2019 desenvolvido por: VISUALS