Conectar-se com

Artigo

Game XP 2018 é a prova que o Rio de Janeiro continua lindo!

Publicado

Em

Game XP 2018 é a prova que o Rio de Janeiro continua lindo!

O Rio de Janeiro continua sendo… a capital dos gamers!

 

Entre os dias 6 e 9 de setembro cerca de 95 mil pessoas lotaram o primeiro Game Park do mundo. O Parque Olímpico do Rio de Janeiro foi palco do maior evento gamer da América Latina, a Game XP 2018. O evento não só reafirmou a vocação da Cidade Maravilhosa para grandes eventos, como também mostrou que a indústria de games está mais ativa do que nunca. Com diversas atrações, a edição deste ano recebeu diversas famílias e entusiastas dos games, em clima de celebração e paz.

 

Game XP 2018 é a prova que o Rio de Janeiro continua lindo!

 

Potencial de crescimento econômico

 

Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o impacto econômico da Game XP no Rio de Janeiro foi de R$ 53,9 milhões. Deste montante, R$ 36,7 milhões representam o impacto “imediato”, com hospedagens, alimentação e transportes. Tais valores mostram como a indústria de games pode trazer benefícios econômicos para a economia local, se bem aproveitada. O próprio ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, que também esteve no evento, reconhece o potencial do setor:

“Estou certo de que entre o volume de visitantes que passou pelo evento, há muitas pessoas que começam a partir de agora a ter um novo olhar sobre o setor de games. Não apenas como consumidores, mas também como uma alternativa profissional. Nossa tarefa é transformar o sonho dessas pessoas em uma possibilidade real. A Política cultural é sinônimo de desenvolvimento econômico. As atividades que estão no campo da economia criativa tem um alto impacto na geração de renda e empregos das famílias. O Brasil tem um enorme potencial de crescimento e uma vocação natural neste setor”

 

Game XP 2018 é a prova que o Rio de Janeiro continua lindo!

 

A importância dos jogos eletrônicos para a economia brasileira vai muito além da venda de consoles e títulos. As plataformas de streaming e emissoras de televisão já perceberam o interesse pelos campeonatos de eSports e criadores de conteúdo. Em uma projeção feita pela empresa americana Goldman Sachs, a receita gerada com a transmissão de eSports pode chegar a US$ 2,96 bilhões em 2022. Ainda segundo a mesma projeção, a audiência das competições tende a ultrapassar (pasmem!) a Liga Americana de Beisebol!

 

Game XP 2018 é a prova que o Rio de Janeiro continua lindo!

 

Conteúdo de qualidade

 

A organização da Game XP comemorou o sucesso da segunda edição do evento na cidade do Rio de Janeiro. Sua estréia aconteceu no Rock in Rio 2017, quando recebeu cerca de 360 mil pessoas. A edição deste ano ocorreu de forma totalmente independente, contabilizando quase 100 mil visitantes. Para se ter uma idéia, durante os quatro dias de evento só a Oi Game Arena, que sediou as competições de eSports, teve um público de mais de 57 mil pessoas!

Outra grande novidade da edição deste ano foi a Experience Bay. Localizado na parte externa da Game XP, o espaço contava com diversas atrações e ativações para os visitantes de todas as idades. Os maiores destaques do evento foram a Roda Gigante Oi, o Whack-a-Friend, a Arena Rainbow Six e o PES Experience. Muita gente também aproveitou a oportunidade para visitar a loja oficial, e garantir alguns souvenirs. A procura foi tão grande que inúmeros itens chegaram a esgotar, como chaveiros, bonés e camisetas.

 

Game XP 2018 é a prova que o Rio de Janeiro continua lindo!

 

De acordo com a Diretora da Game XP, Roberta Coelho, o evento mostra a capacidade do Brasil de produzir conteúdo de qualidade. Mais do que isso, reforça o potencial da cidade para eventos com foco no entretenimento familiar:

“Somos o exemplo real de que é possível dar continuidade a um legado incrível, o Olímpico. Visto que usamos o espaço do Parque Olímpico, como fazemos já no Rock in Rio e, desde o ano passado, com a Game XP. E, mais do que isso, mais uma vez demonstramos que somos capazes de ter dias de paz e muita festa entre famílias inteiras que nos visitam. Isto é a atmosfera carioca, a alma do brasileiro.”

 

Futuro promissor

 

Um evento como a Game XP também abre portas para investimentos da indústria de games no Rio de Janeiro. Sendo uma modalidade “inédita” de entretenimento, possibilitará outras iniciativas seguirem o exemplo do Game Park. Para os fãs do segmento este é um acontecimento extremamente importante, além de ser um passo rumo à popularização dos jogos eletrônicos. Roberto Fabri, diretor da Game XP, comenta como o evento ampliou a visão do público:

“Nesta edição da Game XP tiramos o e-sport de um nicho e o apresentamos como um conteúdo de entretenimento para o grande público. Aqui dentro, isso ficou muito claro ao recebermos famílias inteiras, que assistiram pela primeira vez campeonatos oficiais disputados na Oi Game Arena e também se aventuraram nos consoles da GamePlay Arena. Desmitificamos os games para o público em geral e abrimos uma nova frente de mercado para a indústria, que a partir de agora verá o Rio de Janeiro com uma nova possibilidade para conversas”

 

Game XP 2018 é a prova que o Rio de Janeiro continua lindo!

 

Enfim, nós aqui da Trecobox somos apaixonados por todo tipo de conteúdo geek e nerd. Os games, é claro, representam uma fatia grande deste universo, sendo atualmente a indústria que mais cresce no mundo. A Game XP 2018 trouxe um brilho novo e a esperança de que haja mais eventos deste tipo no futuro. Tal como algumas outras cidades brasileiras, o Rio de Janeiro possui um potencial enorme para esse tipo de entretenimento. Tomara que este seja o primeiro de muitos eventos geek e nerd de grande porte a acontecerem na Cidade Maravilhosa.

 

Ficamos no aguardo, e na torcida!

 

Ah! Não deixe de conferir a nossa cobertura completa dos quatro dias da Game XP 2018:

Game XP 2018 | Os destaques do primeiro dia de evento;

Game XP 2018 | Os destaques do segundo dia de evento;

Game XP 2018 | Os destaques do terceiro dia de evento;

Game XP 2018 | Os destaques do último dia de evento.

Comentários via Facebook

Tatuagens e jogos eletrônicos. Duas palavras definem perfeitamente este carioca que, por sinal, não faz a menor ideia de como escrever a própria bio. Um menino metodicamente organizado, prefere o aconchego do sofá e uma boa série a uma noitada com os amigos (mas não recusa o convite). O típico garoto gordinho e viciado em vídeo game que cresceu e se tornou um adulto nerd (ainda gordinho, por sinal).Voar, hospitais e quartos escuros são seus três grandes medos. Às vezes ele os enfrenta, às vezes não (se for um quarto escuro NO hospital, pode esquecer). Faz uso excessivo dos parênteses, pois adora expressar sua opinião sobre as coisas. Afinal, quem não?

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mais lidas