Conectar-se com

Artigo

Videogames nas Olimpíadas? O futuro do cenário de eSports

Publicado

Em

Videogames nas Olimpíadas? O futuro do cenário de eSports

 

Comitê Olimpico Internacional pode incluir modalidade em 2024

 

No último final de semana, o COI e a Associação Geral das Federações Esportivas Internacionais se reuníram em um fórum que discutiu a inclusão da categoria como um esporte olímpico. O evento aconteceu na Suica, tendo como principal objetivo “estabelecer bases para futuras colaborações entre a indústria de games e as Olimpíadas”.

Ainda que seja apenas um fórum, o encontro caracteriza um passo importante para o cenário competitivo de games. Pela primeira vez na história, a organização dos Jogos Olímpicos abre espaço para discussões envolvendo os jogos eletrônicos. Confira o vídeo abaixo:

 

 

Estavam presentes no fórum mais de 150 representantes do mercado de games, incluindo jogadores profissionais, organizadores e investidores. Durante o evento, os participantes colocaram em pauta diversas possíveis oportunidades para colaboração. Dentre elas, estava também a inclusão do eSports como uma modalidade olímpica. Em comunicado, o diretor do COI reiterou a importância do evento para a organização:

“O Fórum de eSports foi uma oportunidade de diálogo entre todas as partes interessadas, incluindo jogadores da elite. Existe o consenso que futuras colaborações serão baseadas em garantir que qualquer atividade incentive e promova os valores olímpicos.”

“Ainda que o objetivo central do encontro não fosse a inclusão imediata do eSport no programa olímpico, temos planos para continuar o diálogo, além de estarmos firmemente engajados em coordenar e incentivar a união do Movimento Olímpico com o eSports.”

 

Polêmicas com a Comunidade Olímpica

 

Vale lembrar que, ano passado, o presidente o Comitê Olímpico já havia se pronuncado à respeito de tal inclusão. Thomas Bach havia sugerido que “jogos (classificados como) violentos não deveríam ser incluídos na Agenda Olímpica, caso a modalidade fosse integrada ao quadro esportivo”. Bach mencionou ainda que “[o COI] quer promover a não-discriminação, não-violência e paz entre as pessoas. Tais princípios não condizem com alguns jogos eletrônicos, que se baseiam em violência, explosões e morte. Deve haver um limite claro para tais”.

 

Videogames nas Olimpíadas? O futuro do cenário de eSports

 

Na época, o presidente do COI deu a entender que jogos como FIFA e NBA2K seriam opções paupáveis para inclusão. Porém, como nada foi decidido até o momento, a discussão permance em aberto.

 

Um futuro bastante promissor

 

Ainda no ano passado, as federações esportivas definiram um comitê especial, chamado Grupo de Ligação com eSports (eSports Liaison Group), para promover tais discussões. Embora o processo ainda tenha um longo e árduo caminho pela frente, diversos eventos darão continuidade à pauta. O próximo encontro que abordará a proposta acontecerá no mês de outubro, em Buenos Aires. Após este evento, a discussão segue para o Fórum das Federações Esportivas Internacionais, em novembro na Suécia. Possivelmente, no final do ano o COI colocará o eSports na agenda para votação quanto a sua inclusão nos Jogos Olímpicos.

 

Videogames nas Olimpíadas? O futuro do cenário de eSports

 

Sendo assim, pode ser que a Olímpiada de Paris, em 2024, seja o primeiro evento a incluir os jogos eletrônicos como modalidade competitiva no torneio mundial. Caso seja aprovado, a lista oficial com as modalidades deverá sair somente após os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

 

Por hora, enquanto uma decisão oficial não é anunciada, a Trecobox segue na torcida. E você? Qual sua opinião sobre esta questão? Não esqueça de comentar aqui embaixo!

 

Comentários via Facebook

Tatuagens e jogos eletrônicos. Duas palavras definem perfeitamente este carioca que, por sinal, não faz a menor ideia de como escrever a própria bio. Um menino metodicamente organizado, prefere o aconchego do sofá e uma boa série a uma noitada com os amigos (mas não recusa o convite). O típico garoto gordinho e viciado em vídeo game que cresceu e se tornou um adulto nerd (ainda gordinho, por sinal).Voar, hospitais e quartos escuros são seus três grandes medos. Às vezes ele os enfrenta, às vezes não (se for um quarto escuro NO hospital, pode esquecer). Faz uso excessivo dos parênteses, pois adora expressar sua opinião sobre as coisas. Afinal, quem não?

Mais lidas

Copyright © Trecobox 2019 desenvolvido por: VISUALS