Conectar-se com

Review

Review TBX | Samantha!: Uma farofa bem feita

Publicado

Em

Review TBX | Samantha!: Uma farofa bem feita

 

Com recursos de humor fácil e despretensioso, Samantha! celebra os anos 80 e agrada o público

 

Estreou este mês no catálogo da Netflix a série original (e brasileira) Samantha!. Com Emanuelle Araújo como protagonista a série ainda contou com nomes cativos, como o de Alice Braga (que também é produtora executiva do título) e Douglas Silva, o famoso Acerola de Cidade dos Homens no elenco.

 

 

A criação e direção ficam por conta de Felipe Braga.

 

 

O título conta a história de uma celebridade infantil aclamada nos anos 80, que em sua fase adulta se vê frustrada em tentativas falhas para voltar ao estrelato. Mãe de dois filhos, uma pré-adolescente feminista e um garoto inteligente e pouco sociável com crianças da sua idade, a personagem ainda vive um divertido romance com Dodói, jogador de futebol e ex-presidiário.

 

 

Líder do grupo infantil Turminha Plimplom, ela ainda se reunirá com os antigos integrantes Bolota e Tico, que hoje são adultos tão problemáticos quanto.

 

 

Com episódios curtos de no máximo 30 minutos, Samantha! consegue entreter sem se tornar cansativa. A narrativa inteligente e de fácil entendimento, com referências claras a cultura pop brasileira dos anos 80 são a receita para constituir a “farofa perfeita” e fazer um verdadeiro sucesso.

A série é despretensiosa, aposta em fórmulas de comédias certeiras e pouco ousadas para chamar a atenção do público. O que é muito inteligente. Desde sua estratégia de divulgação antes de estrear, a série mostrou-se criativa usando de uma “realidade alternativa” bem humorada para deixar o público na dúvida se a série era de fato ou não biográfica.

No decorrer dos episódios, encontramos signos que nos remetem diretamente à personalidades famosas que explodiram nos anos 80 tupiniquim: Roberto Carlos, Simony e a Turma do Balão Mágico e Fábio Junior. Também temos show de calouros, programas infantis mesclados com sexualização e propaganda de produtos para o público adulto. Personalidades como Gretchen e Luciana Vendramini (sex symbol dos anos 80) dão o ar da graça na série.

 

 

A história é envolvente e mostra que nem sempre precisa-se ser ousado para funcionar. Usar o termo “farofa” nesse caso é um elogio.

O ponto a melhorar, que não chega a ser negativo, está no elenco de apoio ou na direção destes, que por vezes se mostram amadores e contrastam com o gabarito de atores mais experientes, como Emanuelle Araújo e Ary França.

 

 

Lidar com elenco infantil não é fácil, mas se foi possível fazer com que a atriz mirim Duda Gonçalves tivesse ótimo desempenho como a pequena Samanthinha, também é possível fazer com os demais. Aliás, créditos a pequena atriz pela sua brilhante atuação em sua tenra idade. A personagem de Samantha na infância, é uma atração a parte: fofa, divertida mas dissimulada e atrevida.

 

 

Samantha! merecidamente merece ganhar uma segunda temporada. Em primeiro lugar porque a série é boa e em segundo lugar para provar que pode e deve melhorar.

O importante é não deixar de acreditar!

 

[rwp-review id=”0″]

Comentários via Facebook

Radialista formado se especializando em direção de arte. Sagitariano, sonhador levando a vida buscando paz, amor e um lugar ao Sol. Cinéfilo, aspirante a roteirista. Aquele otaku paulistano que vê animes nas horas vagas, lê mangás no transporte público e faz cosplays pra tirar uma onda. Geek por consequência. Sucesso é uma jornada, não um destino, tenha fé na sua capacidade, esse é meu lema.

Propaganda

Canal Trecobox |

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Facebook |

Propaganda

Mais lidas

Copyright © Trecobox 2019 desenvolvido por: VISUALS