10 filmes perfeitos para quem é apaixonado por comida – e que te deixarão com fome

Culinária na sétima arte: A expressão da vida e paixão através da comida

Dez filmes imperdíveis para os amantes da culinária

Existem duas coisas no mundo que andam de mãos dadas: filmes e comida. Seja comendo pipoca no cinema ou indo jantar e assistir a um filme, a relação entre comida e filme é importante. Algumas das melhores produções cinematográficas de todos os tempos têm a ver com culinária, e fazem o público se transportar para lugares incríveis enquanto apreciam as iguarias mostradas nas telas.

Existem inúmeros filmes excelentes disponíveis para os apaixonados por comida. Alguns deles trazem aspectos como o estressante cotidiano dos chefs ou mostram o aconchego proporcionado por uma boa refeição. Filmes que envolvem comida podem fazer as pessoas rirem, chorarem e sentirem medo; mas o mais importante, deixam todos com água na boca. De “Julie e Julia” a “Ratatouille”, confira abaixo dez grandes filmes para quem ama culinária.

LEIA MAIS:

Fansubs de Doramas: como funciona e porque ajuda o gênero a crescer

Doramas Quentes: Opções imperdiveis para assistir no Rakuten Viki

“Last Holiday” (2006)

Após descobrir que tem uma doença incurável, Georgia Byrd (Queen Latifah) reflete sobre sua vida e percebe que foi excessivamente cautelosa. Em sua jornada de autoconhecimento, Byrd retira suas economias e parte para a Europa, onde vive como milionária e encanta a quase todos que encontra, inclusive o chef Didier (Gérard Depardieu).

“Jiro Dreams of Sushi” (2011)

Jiro Ono, um chef especialista em sushi de 85 anos, é proprietário do renomado restaurante Sukiyabashi Jiro. Seus dois filhos, Yoshikazu e Takashi, também seguiram os passos do pai, com Yoshikazu treinando para ser o sucessor de Jiro. Lançado em 2011, o documentário acompanha a trajetória da família japonesa e sua paixão pela culinária de sushi.

“The Menu” (2022)

Um jovem casal e outros convidados viajam até uma ilha remota para o último serviço de um aclamado chef. O que parecia ser uma experiência incrível transforma-se em um pesadelo, com provações aterrorizantes intercaladas com as deliciosas refeições. Apesar disso, os pratos servidos no filme são visualmente saborosos e intrigantes.

“My Big Fat Greek Wedding” (2002)

Ainda solteira aos 30 anos, a grega Toula (Nia Vardalos) deixa o emprego no restaurante da família e se apaixona por Ian Miller (John Corbett), um jovem não grego e vegetariano. O filme traz a culinária grega como pano de fundo e é perfeito para quem gosta de um bom prato mediterrâneo.

“The Hundred-Foot Journey” (2014)

Depois de se mudar para uma charmosa vila francesa, a família Kadam decide abrir um restaurante, já que o talentoso filho Hassan (Manish Dayal) tem interesse pela culinária. No entanto, enfrentam a resistência da dona de um restaurante aclamado, Madame Mallory (Helen Mirren). “The Hundred-Foot Journey” apresenta o encontro de duas culturas e traz pratos deliciosos e inventivos.

“Eat Pray Love” (2010)

Baseado no best-seller homônimo de Elizabeth Gilbert, o filme retrata a história de Elizabeth (Julia Roberts), que após um divórcio difícil, decide largar sua vida confortável para fazer uma viagem de autoconhecimento pelo mundo. Ela visita a Itália, onde aprende a apreciar a culinária e a língua, a Índia, onde explora sua espiritualidade, e Bali, na Indonésia, onde descobre o amor novamente.

“Chocolat” (2000)

Ambientado em uma pequena vila francesa nos anos 60, “Chocolat” conta a história de Vianne Rocher (Juliette Binoche), uma mulher que abre uma loja de chocolates durante a quaresma, desafiando as rígidas normas sociais da cidade. Ela e sua filha acabam mudando a vida dos habitantes com seu chocolate e suas atitudes libertadoras.

“Julie & Julia” (2009)

Esse filme, baseado em fatos reais, conta duas histórias paralelas. Uma delas é sobre a renomada chef de cozinha Julia Child (Meryl Streep), mostrando o processo de criação de seu famoso livro de receitas. A outra é sobre Julie Powell (Amy Adams), uma mulher frustrada com sua carreira que decide cozinhar todas as 524 receitas do livro de Child em um ano, documentando o processo em um blog.

“Ratatouille” (2007)

Em uma das animações mais amadas da Pixar, Remy, um ratinho que sonha em ser chef de cozinha, se junta ao jovem ajudante de cozinha Linguini em um famoso restaurante francês. Eles formam uma dupla inusitada e juntos enfrentam desafios e preconceitos para criar pratos incríveis, desafiando as expectativas em torno de quem pode ou não ser um grande chef.

“Chef” (2014)

Escrito, dirigido e protagonizado por Jon Favreau, “Chef” é sobre um chef de restaurante de alta classe que perde seu emprego por causa de um conflito com o proprietário. Para recuperar sua paixão pela culinária, ele decide abrir um food truck, viajando e cozinhando por várias cidades dos EUA com seu filho e um amigo. Durante a viagem, ele redescobre seu amor pela culinária e pela vida.

Todos esses filmes apresentam a comida e a culinária como elementos centrais da trama, demonstrando como a comida pode ser uma maneira de conectar pessoas, explorar diferentes culturas, e até mesmo como um meio de auto-expressão. A culinária é retratada como uma arte que inspira paixão e criatividade. Além disso, a comida é frequentemente usada como uma metáfora para a busca do protagonista pela satisfação pessoal e a realização de seus sonhos. Por fim, esses filmes sugerem que, por meio da culinária, os personagens encontram maneiras de transformar suas vidas, conectando-se com os outros e consigo mesmos de formas novas e significativas.