Conectar-se com

Filmes

Diretor explica o significado definitivo do filme Mãe!

Publicado

Em

Saiba a posição de Aronofsky por trás de Mãe!

 

Mãe! sem dúvida foi o filme mais polêmico e controverso de 2017. O filme dividiu opiniões, despertou amor e ódio no público e deu origem a várias teorias e significados, já que o passatempo preferido de muita gente passou a ser decifrar todos os códigos e mensagens colocados no filme.

O diretor Darren Aronofsky se manteve calado todo esse tempo, dando margem para todas essas especulações e discussões por parte do público.

Agora que a poeira baixou e a polêmica em torno do filme deu uma esfriada, ele finalmente se manifestou e revelou o significado do filme e o que ele quis passar. Confira:

 

 

“Eu quis fazer um filme sobre a Mãe Natureza e como a tratamos. A forma como eu vejo a gente tratar a Mãe Natureza é completamente desrespeitosa. Nós violentamos ela, a estupramos, a chamamos de suja. Por isso Jennifer Lawrence interpretou a personagem daquela forma. Há muita emoção.”

 

Aronofsky também confirmou as referências bíblicas e a representação de Javier Barden como Deus.

 

“Eu olhei a Bíblia e vi como o Deus do velho testamento é descrito. Quando você pensa nesse Deus, se você não ora por ele, ele te mata. Que tipo de personagem faz isso? Para mim, isso foi sobre traduzir aquilo para uma emoção humana.”

 

 

 

O diretor ainda entregou a fórmula usada para vivermos tudo na pele de Jennifer Lawrence.

 

“Só há três tipos de enquadramento nesse filme. A câmera estava sobre o ombro ou acima da cabeça de Jennifer. No geral, ela iria para trás e para frente. E então, temos o ponto de vista dela. Não há nenhum plano aberto no filme todo.”

 

Portanto, em todo o filme, enxergamos extremamente próximo dela ou então em primeira pessoa.

É genial ou não é? E vocês, o que acharam? Tinham outra interpretação para o filme? Queremos saber. Comentem.

 

Ator, escritor, cinéfilo, nerd , colecionador e aspirante a cineasta. Meu maior hobby é assistir e colecionar filmes e tudo relacionado a eles. Acredito no poder da arte e do cinema de emocionar, discutir, fazer pensar como uma maneira de mudar o mundo e a sociedade na qual vivemos.

Um comentario

Um comentario

  1. carla

    15/03/2018 em 02:16

    filme de bosta, só isso. Nunca vi tanta merda reunida em uma longa metragem. E bote longaaa nisso! Perdi 2h do meu tempo com essa porcaria. Por favor, se for fumar sua maconha e viajar nessas paranóias de mensagem subliminares, avisem antes.

Deixe uma resposta

Propaganda
Propaganda

Review TBX

Propaganda

Mais lidas