Conectar-se com

Filmes

John Williams pode deixar de compor para Star Wars após Episódio 9

Publicado

Em

John Williams pode deixar de compor para Star Wars após Episódio 9

 

Toda uma era Star Wars marcada pelo talento do músico John Williams

 

John Williams, um dos maiores compositores da história do cinema e responsável por milhares de trilhas icônicas, entre elas a da série Star Wars, anunciou que o próximo episódio da saga pode ser o seu último trabalho para a franquia.

 

J. J. Abrams está preparando um novo filme agora, que eu espero fazer a trilha para ele no ano que vem. Isso irá completar uma série de 9 filmes que serão o suficiente para mim. Será como o encerramento de um ciclo. A Disney vai continuar e provavelmente farão Star Wars por décadas. Então eu acho que já está bom para mim“, disse Williams.

 

O maestro não disse se pretende se aposentar apenas dos filmes Star Wars ou do cinema em geral. Torçamos para que não.

 

John Williams pode deixar de compor para Star Wars após Episódio 9

 

Williams tem trabalhado na saga por 41 anos, começando no primeiro “Guerra nas Estrelas” em 1977 e compondo para todos os filmes da franquia, exceto Rogue One: Uma História Star Wars.

Han Solo: Uma História Star Wars, próximo lançamento da série, também não contará com as suas composições.

John Williams foi indicado 51 vezes ao Oscar, graças às suas trilhas marcantes e inesquecíveis para filmes como E.T.: O Extraterrestre, Tubarão, Indiana Jones, Jurassic Park, Harry Potter, e claro, a saga Star Wars. Williams chegou a ser indicado esse ano pela (bela) trilha de Os Últimos Jedi.

 

O próximo trabalho do maestro, além do novo Star Wars, é para o filme Jurassic World: Reino Ameaçado, com estreia prevista para o dia 21 de junho de 2018 nos cinemas.

 

Vida longa a John Williams!

 

Ator, escritor, cinéfilo, nerd , colecionador e aspirante a cineasta. Meu maior hobby é assistir e colecionar filmes e tudo relacionado a eles. Acredito no poder da arte e do cinema de emocionar, discutir, fazer pensar como uma maneira de mudar o mundo e a sociedade na qual vivemos.

2 Comentarios

2 Comments

  1. Luigi Bonvenuto

    07/03/2018 em 10:41

    É uma pena, mas é compreensível. Ele já bem de idade e não todo mundo que chega aos 86 anos trabalhando tão bem assim. Seria mais triste se ele continuasse e parasse do nada porque morreu, como aconteceu com Carrie. Espero que os que venham depois façam um trabalho que se comparem ao dele, porque superar não vão.

    • Hallan Machado

      07/03/2018 em 10:54

      Concordo com você, Luigi. Mas é uma perda muito grande, infelizmente. O cara é dono das trilhas sonoras mais marcantes.

Deixe uma resposta

Propaganda
Propaganda

Review TBX

Propaganda

Mais lidas