Conectar-se com

Anime

Review TBX | Ousama Game: Melhor assistir ao filme do Pelé…

Publicado

Em

Review do anime Ousama Game

 

Ousama Game poderia ser um bom anime, mas…

 

Após as primeiras impressões, finalmente chegou a vez do nosso veredito. Se está procurando um anime que tenha muitas mortes, personagens extremamente burros, sem carisma e complexo de masoquista. Ousama Game é o “anime ideal”. Entenda um pouco o porquê nesse nosso review.

 

Trailer oficial:

 

 

Sinopse:

Kanazawa Nobuaki foi transferido para um novo colégio, bem longe de onde costumava morar. Devido a um incidente em seu antigo colégio, Nobuaki tem receio de se enturmar com seus novos colegas e se mantém distante. Contudo ele começa a se abrir por causa da corrida de revezamento da gincana de esportes. É então que alguém que se intitula “Rei” envia uma mensagem de texto para todos os estudantes da sala. Acreditando ser uma mera brincadeira, seus colegas não a levam a sério, mas Nobuaki sabe que um jogo mortal está prestes a começar. Ele fará de tudo para impedi-lo.

 

Originada da única novel de Kanazawa Nobuaki (Sim, o autor e o protagonista tem o mesmo nome), até o momento, que mais tarde ganhou um mangá, Ousama Game é um desperdício de tempo precioso.

Another, Battle Royal e Apocalypse no Toride são alguns exemplos de obras que possuem o terror e o drama psicológico como foco. Tudo o que Ousama Game não consegue ser em muitos aspectos. Como diz Jack, o estripador: “Vamos por partes!“.

O enredo é algo completamente clichê. As obras supracitadas são exemplos de como o horror pode ser bem trabalho. Você deve dar uma conferida nelas, caso ainda não conheça. O que não posso dizer da série Ousama Game, já que nem ao menos fizeram o dever de casa: assustar, impactar e até mesmo horrorizar.

Uma das coisas que mais me questionei durante cada episódio é o porquê de ainda estar assistindo. “Quem seria o Ousama King?”, que deveria ser um “boom “do enredo, não conseguiu passar de um “Ah! Tá!”. Além disso, o desenrolar da história é completamente lento e “sem sal“.

 

Review do anime Ousama Game

Página do mangá de Ousama Game.

 

Os personagens, que deveriam carregar a obra nas costas, não possuem carisma nenhum. Para começar, temos um protagonista com complexo de masoquista. O cara o tempo todo quer se sacrificar pelos outros por já ser um veterano. Ok! Até daria para aceitar a maneira que ele haja assim nos dois primeiros episódios. Como espectador, aceitamos o fato dele não querer passar por aquilo de novo, mas a obra inteira é pedir demais. Praticamente não há evolução da personalidade dele. Por se tratar de uma continuação do mangá cada episódio transita entre flash back ou um episódio de flash back do que ocorreu no jogo passado, que se passa no mangá, confundindo quem não conhece a obra original.

Os personagens secundários são um “ctrl+C, ctrl+V” dos personagens do passado. Eles só possuem o rosto diferente e mais nada. Todos tem um lado gentil no começo e simplesmente do nada viram psicopatas que colocam sua sobrevivência a cima de tudo e todos. Destaque para a vilã principal, que é a que mais dá surtos de psicopatia. O resto dos personagens, por simples conveniência do enredo, aceitam, admiram ou tem medo dela ao ponto de fazer vista grossa a praticamente tudo o que ela faz. Sem contar que a obra te força em um único episódio ter um sentimento por um ou mais deles, sendo que no mesmo episódio será descartado.

 

Review do anime Ousama Game

 

A trilha sonora é algo que se encaixa para a situação, acentuando os momentos de tensão e desespero. Só que, como a maior parte da obra, é totalmente esquecível.

A música de abertura Feed The Fire, de Coldrain, é realmente boa. Para quem é fã de rock, vai agradar bastante.

 

 

A música de encerramento Lost Paradise, de Pile, também é bastante agradável. Pena que a obra tem apenas isso como positivo.

 

O estúdio de animação responsável foi o Seven, que já trabalhou com Metal Fight BeybladeDanna ga Nani wo Itteiru ka Wakaranai Ken e vários animes hentai. Não sei se foi um pedido pessoal do autor da obra para os donos do estúdio, mas em Beyblade temos uma ótima noção da qualidade da animação, que mesmo mediana, é muito melhor do que a apresentada em Ousama Game. Existem diversos momentos que a qualidade da animação cai, e isso é percebido com facilidade.

 

Review do anime Ousama Game

 

Existe um filme live action de Ousama Game no YouTube, que é inspirado na obra original. Embora não seja tão pesado quanto o anime, a tensão é maior do que a apresentada na série.

Reforço o aviso a todos: só assistam se estiverem com muito tempo livre e tiver certeza absoluto. Recomendo o mangá ou o filme em vez de partir para o anime.

 

Ousama Game possui um total de 12 episódios e está disponível oficialmente pelo serviço de streaming Crunchyroll.

 

Anime: Ousama Game
4.3 TRECOBOX
HISTÓRIA4.5
PERSONAGENS5
DESENVOLVIMENTO5
PRODUÇÃO4
ORIGINALIDADE3

Cinéfilo, Detonador, Farmacêutico, Gamer, Nerd, Otaku e apaixonado por novidades deste mundo que não para de surpreender. Editor nas horas a vagas e amantes de animação de todos as etnias. Severino na maioria das vezes. "Estou aqui pra ajudar, se precisar é só chamar".

Propaganda
Propaganda

Review TBX

Propaganda

Mais lidas