Dimension 404

Review TBX | Dimension 404, nova série da Hulu

Nos moldes de Black Mirror a nova série exclusiva para assinantes do Hulu tem pegada divertida, mas nada de novo.

 

Parece que a onda das séries antológicas ainda não chegou ao fim. Após o grande sucesso de Black Mirror, o serviço de streaming Hulu entra com Dimension 404, uma série com temática comédia/ficção científica que nada mais é que uma junção de diversas histórias isoladas por episódio. O grande diferencial de Dimension 404 é o fato de contar com um elenco de atores consagrados de outras séries e ou filmes.

 

Os atores Lea Michele (Glee e Scream Queens) e Robert Buckley (One Tree Hill e Lipstick Jungle) em cena do primeiro episódio da série.

 

Dimension 404 resume-se a um universo paralelo onde casos curiosos encontram-se perdidos nas profundezas do cyber-espaço. A série mescla contos horripilantes com sci fi e uma pitada bem modesta de humor negro. Explorando de forma exagerada todos os riscos que a era digital oferece para a sociedade, a série consegue narrar histórias bem interessantes com um desfecho que traz um pouco de lição de moral para quem está assistindo.

Em cada episódio lançado uma história diferente será apresentada ao público (nos mesmos moldes de Black Mirror). Esse tipo de narrativa pode até trazer certa audiência, mas não cativa a grande parte do público por não manter personagens marcantes.

 

Sarah Hyland e Patton Oswalt em cena do segundo episódio de Dimension 404.

 

O Hulu disponibilizou 3 episódios no dia 04 de abril (4/04? Isso mesmo! Foi com essa intenção que você está pensando), tendo uma duração de cerca de 45 minutos cada. A princípio achamos tudo muito chato até que a história começa a criar forma.

A produção da série é impecável, com ótima edição, fotografia, figurino, cenários etc. As músicas escolhidas dão um ar muito enigmático ao enredo. A maioria delas são clássicos antigos ou músicas indie, o que dá um diferencial bem peculiar.

Mesmo com tantas qualidades no quesito produção a série peca em carisma. Os atores passam um ar muito artificial em seus personagens. As cenas de humor são clichês e não arrancam risadas com facilidade. Já na questão criatividade não podemos encontrar nada que não seja mais do mesmo.

Apesar de possuir alguns pontos negativos a série merece atenção, pois as histórias de cada episódio apresentado são bem divertidas. Não quer dizer que você vai dar altas risadas, mas sim ter uma garantia de que, pelo menos, irá se empolgar com a história e despertará a curiosidade para saber o seu desfecho.

Se você pretende assistir Dimension 404, não vá com o hype muito alto, pois poderá se frustrar. A série é uma ótima pedida para o público geek que adora referências. 

Veja o trailer oficial de lançamento da série:

 

 

Entre os atores do elenco estão Lea Michele (Glee e Scream Queens), Joel McHale (Arquivo X e Sons of Anarchy), Sarah Hyland (Modern Family), Robert Buckley (One Tree Hill e Lipstick Jungle) e Patton Oswalt (O Rei do Bairro).

8.1
Série: Dimension 404
PRÓS
  • Atores conhecidos de outras séries ou filmes
  • Episódios longos permitindo um ótimo desenrolar da história
  • Produção de alta qualidade
CONTRAS
  • Proposta similar ao já famoso formato antológico da série Black Mirror (tornando-se repetitiva)
  • As cenas de comédia são bem clichês
  • História
    8
  • Elenco
    9
  • Desenvolvimento
    8
  • Produção
    9.5
  • Originalidade
    6

Publicitário, cosplayer, gamer, otaku, viciado em séries e colecionador de action figures. Um mix de tudo o que um verdadeiro geek pode ser. Vivendo a vida intensamente a cada segundo, mantendo-se sempre antenado nas novidades desse incrível e expansivo universo. Um pernambucano de nascimento e paulista de coração.
    Sem Comentários

    Deixe uma resposta

    POPULARES

    No canal