Conectar-se com

Games

Revista Make The RPG lança nova edição 

Você conhecia esta revista que vem desde 2012 ajudando a diversos neste incrível universo maker? Não? Então confira!

Confira essa super matéria com entrevista exclusiva cedida ao nosso site.

 

A revista Make The RPG auxilia, desde 2012, com dicas em diversas áreas da produção de jogos, discutindo e ensinando gratuitamente as coisas que abrangem este tão famoso universo maker.

 

 

Em uma entrevista realizada pela Trecobox, o administrador da Condado BraveHeart e editor-chefe da revista Make The RPG, Rafael, falou sobre a 13ª edição da revista, que já  está disponível, e nos contou sobre como a criaram.

Na edição passada da publicação, foi mostrado, além de dicas de como criar um background, informações sobre games como Vorum: Legados de Justiça ponto de looping para músicas, e que a nova edição abordaria o Javascript ensinando a criar seus próprios códigos. Também traria uma matéria que usa esta frase que resume muito nossa opinião:”[..]Por trás de grandes projetos, sempre há gente incentivando, dando suporte, elogiando e criticando…“.

 Caso queira dar uma olhadinha na nova edição da revista, basta clicar em sua capa logo abaixo.

 

 

 

Deseja dar uma olhada na 12ª edição da revista?

 

Basta clicar na capa, logo abaixo. Você será redirecionado(a) automaticamente ao site onde poderá baixar a revista.

 

 

Ainda tem dúvidas sobre a revista? Confira algumas perguntas respondidas pelo editor-chefe, Rafael (ou Rafael_SOL_Maker como é conhecido entre os desenvolvedores):

 

Como surgiu a ideia de criar uma revista com foco em desenvolvimento de jogos? Há algum “cabeça” por trás disso ou a idealização foi conjunta?

 

Na verdade quem trouxe a ideia de se fazer uma revista foi uma garota que já tinha participado de uma publicação anterior em cronologia à essa, a Dungeon Magazine. Ela trouxe essa ideia para discussão na comunidade Condado Braveheart e parte da staff da Condado que também tinham feito parte dessa revista (mas que saíram da Dungeon Makers) junto comigo e mais um pessoal decidimos levar adiante depois de muita discussão.

 

Qual foi sua opinião sobre a revista e como se envolveu com ela?

 

 Eu não tinha nada a ver com a história a princípio… No começo meio que mais botei defeito na ideia, fazendo várias críticas, mas também dando muitas direções alternativas. No fim fui eu quem mais acabei abraçando a ideia, né, entrei de cabeça… Só que decidi que se fosse para levar adiante, seria preciso formular uma proposta muito diferente (já que a Dungeon Magazine infelizmente falhou por desentendimentos na equipe) e eu achei que seria de muito mais relevância se focar mais em tutoriais e aprendizado do que divulgação de jogos e projetos.

 

Pra resumir, eu sempre gosto de dizer que sou meio a mãe do projeto, pois sofri as dores de parto, mas que isso nunca teria sido possível se já não tivesse todo um pessoal antes com o know-how da coisa, tal como o Felipe (Yoshi), a Mariana (Mar-san) e a Danelle (Ammy).

 

Qual o intuito da revista Make The RPG para com os desenvolvedores brasileiros?

 

Olha, a revista desde a concepção teve um objetivo bem claro: Oferecer métodos e materiais para os chamados “makers”, isso é, os criadores de jogos no RPG Maker. Na prática isso equivale a trazer diversos tutoriais de todas as áreas do gamedev.

 

Em suma, o objetivo da revista é meio que ser uma referência geral e centralizada para o desenvolvedor de RPG Maker no Brasil.

 

(Não só do RPG Maker, pois as novas edições contarão com adição de outros motores de produção e as dicas contidas em todas as revistas servem para qualquer um.)

 

Com a fama que a revista adquiriu, vocês já pensaram em lucrar com ela?

 

Até o momento, não. Já pensamos em fazer edições impressas sob encomenda, daí teríamos que lidar lá com algum dinheiro, orçamentos, envios, etc., mas não, o espírito geral da revista é mais visando ajudar, até como forma de retribuir toda a ajuda que já tivemos.

 

Ou seja, se fosse para fazer algo vendível, seria apenas a preço de custo. As comunidades de RPG Maker e tudo mais a gente pode até pagar do bolso, mas que fique bem claro que o objetivo é puramente ajudar.

 

Se você acompanhou a leitura até aqui, eu agradeço por sua atenção! Deixei escapar algo? Deixe sua pergunta em caso de dúvida.

Até a próxima!

 

 

Propaganda
Propaganda

Por categoria

Propaganda

Review TBX

Propaganda

Mais lidas